Muitas vezes, é difícil encontrar filmes clássicos e produções independentes nas plataformas de streaming mais populares, como o Netflix, o Hulu ou o Amazon Prime Video, que estão cada vez mais focados na produção de conteúdo próprio. Pensando nisso, a Criterion decidiu criar um serviço de transmissão de vídeos com foco em filmes antigos e películas raras de se encontrar por aí.

Ainda é um mistério sobre se a plataforma da Criterion vai funcionar fora dos Estados Unidos e Canadá

Ainda sem nome definido, a plataforma, que pertence à Criterion, vai disponibilizar a partir de 2019 um catálogo com opções mais clássicas para os amantes do cinema de décadas passadas. A empresa já possui parte do catálogo da FilmStruck, uma antiga plataforma de streaming que parou de funcionar recentemente e que também possuía produções antigas.

As inscrições para quem está afim de embarcar nessa jornada pelos clássicos do cinema já estão abertas – a empresa não possui assinantes prévios, portanto, precisa ir garantindo uma base para funcionar.

E quando paga?

A ideia é que ela funciona por meio de mensalidades custando algo em torno de US$ 11, ou R$ 41,8. Os primeiros assinantes, porém, vão poder desfrutar de um mês gratuito da plataforma para terem certeza se querem pagar pelo serviço ou não, que vai custar para eles US$ 10 mensais, ou R$ 38. Existe também a possibilidade de um plano anual que sai US$ 100, cerca de R$ 380.

Ainda é um mistério sobre se a plataforma da Criterion vai funcionar fora dos Estados Unidos e Canadá, onde de estrear em alguma data indeterminada de 2019. Vamos torcer para que seja possível acessar esse conteúdo aqui do Brasil também.