A  Raspberry Pi Foundation, organização responsável pela criação do PC compacto Raspberry Pi, anunciou a chegada da mais nova versão do computador do tamanho de um cartão de crédito.

Chamado de Raspberry Pi 3 A+, o produto de entrada chega ao mercado internacional custando US$ 25 (R$ 160 no Brasil). O valor é US$ 5 mais alto que o da versão anterior, lançada em 2014, mas garante grandes melhorias tecnológicas para o miniPC. Para começar, o novo computador conta com WiFi 5, nova nomenclatura do padrão 802.11ac, o que garante conexão sem fio dual band, com suporte para redes de 2,4 GHz e 5 GHz.

O Raspberry Pi 3 A+ também chega com Bluetooth 4.2, padrão de 2014 que não é tão atual quanto a versão 5.0, mas garante entregar estabilidade no uso. As tecnologias de conexão prometem tornar o PC de pequeno porte uma solução interessante para desenvolvimento de produtos de Internet das Coisas, além de máquinas mais compactas e voltadas para o uso de tecnologias básicas, como streaming de vídeos e navegação online.

Na parte de hardware, o produto não traz alguns recursos para garantir um tamanho mais compacto. O Raspberry Pi 3 A+ conta com uma porta USB, HDMI, slot para cartão micro SD, entrada de áudio 3,5 mm e 512 MB de memória RAM, mas não possui uma conexão de rede Ethernet. 

Segundo a Raspberry Pi Foundation, as mudanças garantiram um design 2 centímetros menor em comparação ao Model A original. Ele também consome menos energia em relação ao lançado em 2014. O Raspberry Pi 3 A+ ainda conta com processador Broadcom BCM2835 de 700 MHz e interface que suporta câmeras e displays.

Vale lembrar que o novo produto é considerado o modelo de entrada entre os computadores compactos da linha. Atualmente, o dispositivo mais potente da Raspberry é o Pi Model B+, que custa US$ 35. O modelo conta com um corpo maior por causa da conexão Ethernet e as quatro portas USB, mas também vem com 1 GB de memória RAM, Bluetooth 4.2 e suporte para WiFi dual band.