Imagem de: Samsung apresenta novo Exynos 9820 com foco em inteligência artificial

Samsung apresenta novo Exynos 9820 com foco em inteligência artificial

1 min de leitura
Avatar do autor

A Samsung apresentou nesta quarta-feira (14) o Exynos 9820, o novo processador que estará presente nos principais smartphones lançados pela companhia em 2019, como Galaxy S10, Galaxy Note 10 e provavelmente Galaxy F. A principal novidade no chip é a presença de uma unidade de processamento neural (NPU) que promete levar novas experiências inteligentes aos portáteis.

“As capacidades de inteligência artificial no Exynos 9820 vão oferecer uma nova dimensão de desempenho em dispositivos inteligentes por meio da NPU integrada, do núcleo de CPU próprio de quarta geração e alto desempenho, do modem LTE de 2,0 Gbps e do desempenho multimídia aprimorado”, garante o executivo de marketing da Samsung Electronics Ben Hur.

A presença de uma NPU significa que o Exynos 9820 traz dois processadores em um só, com um deles dedicado a recursos de inteligência artificial. Ele permite, por exemplo, ajuste instantâneo das definições de câmera com base no reconhecimento do ambiente fotografado e reconhecimento de objetos no âmbito das realidades virtual (VR) e aumentada (AR).

Exynos 9820Samsung Exynos 9820 equipará os principais smartphones da empresa em 2019. (Fonte: Samsung)

Mais desempenho, menos energia

Na comparação com o antecessor Exynos 9810, a CPU do Exynos 9820 oferece desempenho superior em 20% em núcleo único e 15% em multinúcleo e é 40% mais eficiente do ponto de vista de consunmo de energia. A sua GPU Mali-G76 tem desempenho 40% melhorado e consumo de energia 35% mais eficiente.

O novo processador da Samsung suporta reprodução de vídeos em 4K a uma taxa de 150 quadros por segundo, além de garantir maior gama de cores, tons e saturação graças ao codec multiformato (MFC) nele embutido. A produção do Exynos 9820 começa ainda em 2018, informa a fabricante.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Samsung apresenta novo Exynos 9820 com foco em inteligência artificial