Bem, uma das coisas muitos dos usuários da Apple sempre quiseram saber é: o que são as letras que costumam acompanhar o nome dos iPhones? Bem, obviamente um “SE” que dizer “Special Edition”, mas o que seriam os “s” e o “r” da nova fornada que acaba de chegar às prateleiras? Bem, acontece que a própria Gigante da Cupertino respondeu.

Segundo o vice-presidente sênior de marketing global da companhia, Phill Schiller, essas letras não querem dizer absolutamente nada — pelo menos não nos novos produtos. O “X” vem do aniversário de 10 anos, com o próprio iPhone X, já indicava no ano passado — o “x” é mesmo uma representação da numeração romana.

Mas nem sempre foi assim. Quando a Apple anunciou o iPhone 3GS pela primeira vez, o próprio Schiller explicou que o “s” era de “speed” (“velocidade): "o S simplesmente significa velocidade, porque este é o iPhone mais poderoso e mais rápido que já fizemos". O vídeo abaixo lembra disso:

Quando o iPhone 4s chegou, dois anos depois, o CEO Tim Cook explicou que a designação “S” do produto significava Siri, a então recém-lançada assistente digital da Maçã. Já na época do iPhone 5s e do 5c, em 2013, a companhia deixou detalhar o que significava, uma tendência que continuou com o iPhone 6s. Curiosamente, o iPhone SE recebeu uma explicação sobre o nome, mais uma vez por Schiller, que confirmou a "Special Edition".

Agora, o máximo que Schiller fala sobre letras é que “amo carros e coisas que andam rápido e ‘r’ e ‘s’ são ambas as letras usadas para denotar carros esportivos que são realmente muito especiais”. Bem, os iPhones XsXs MaxXr não foram batizado exatamente por isso. Mas na falta de uma história interessante ou algo mais pomposo, então que se seja pelo menos isso. Melhor do que não ter conexão com nada, certo?

Cupons de desconto TecMundo: