Profissionais da escrita, como escritores e jornalistas, sempre se deparam com alguns obstáculos para garantir um dia realmente produtivo. E grande parte deles se refere aos recursos tecnológicos tão presentes em nossa vida: a internet em geral, redes sociais, apps de mensagens instantâneas etc. Eles, embora muitas vezes úteis, são verdadeiras distrações, atrapalhando o caminho para se chegar rapidamente àquele texto tão sonhado. No entanto, o problema parece estar chegando ao fim com um novo gadget: a Freewritter Traveler.

Visualmente semelhante a um híbrido de netbook e palm, ela pode ser entendida como uma máquina de escrever moderna e compacta. Mas qual seria a sua utilidade se existem desktops e notebooks? Bom, justamente o fato de não ter acesso à internet ou aplicativos citados acima e ter sido desenvolvida única e exclusivamente para criação de conteúdo escrito.

O que pode tornar a Freewritter Traveler tão atraente?

A Freewritter Traveler tem um pequeno display com tecnologia E Ink  a mesma presente em eReaders, como Kindle e Kobo. Ao contrário das telas de tablets, celulares e computadores, esse modelo tem iluminação mais equilibrada e adequada para variados períodos de leitura. Portanto, para quem passa horas digitando, esse com certeza é um ponto muito positivo. Possui também conexão WiFi, com o simples objetivo de oferecer integração com serviços de nuvem, como Google Drive, Dropbox e Evernote.

A máquina ainda oferece suporte para formatação avançada dos textos criados, que poderão ser gerados automaticamente em arquivo Word ou Final Draft, para posterior edição em um PC ou notebook. Além disso, a parte de segurança não foi deixada de lado, pois o material salvo e transferido para as plataformas acima tem criptografia de 256 bits. Já a sua bateria aguenta em média 4 semanas, se o aparelho for usado por aproximadamente 30 minutos diários ou por 14 horas de modo contínuo. Seu tamanho compacto e peso leve, que não chega nem a 1 quilo, permite também que seja levado para qualquer lugar.

A Freewritter Traveler foi projetada pela startup norte-americana Astrohaus, especialista em soluções tecnológicas para pessoas que trabalham com a escrita. A empresa inclusive já havia lançado uma versão maior e mais pesada da máquina em 2014. Após o feedback de seus usuários, decidiu criar o novo modelo com melhorias especialmente na parte física.

Ele pode ser adquirido na plataforma de financiamento coletivo Indiegogo, com preços que variam entre US$ 329 e US$ 728. As primeiras entregas estão previstas para junho de 2019.