Em meados de 2013, a Apple comprou a Beats Electronics, considerada hoje a maior fabricante de headphones premium do mundo. Porém, quem está aí roendo as unhas de ansiedade com o que a Apple vai apresentar hoje (12) além de sua nova linha de iPhones é mais recomendado não ter muitas esperanças em novos produtos da Beats, pois não há nada nos planos da Maçã sobre isso.

Vale lembrar que a Apple desembolsou nada menos que US$ 3 bilhões na compra da Beats Electronics e muita gente apostou que o investimento ia ser compensando com lançamentos mais frequentes

Na realidade, o que podemos ver ainda hoje é um certo “canibalismo” da Apple ao apresentar produtos como novos AirPods, fones de ouvido que carregam a própria marca. Esse é um dos chutes mais prováveis para a apresentação de hoje. Já a Beats não deve estampar nenhum novo produto no grande dia de hoje, apesar ainda continuar vendendo bem seus headphones extravagantes que tem como fãs grandes nomes do esporte e da música norte-americanos.

Vale lembrar que a Apple desembolsou nada menos que US$ 3 bilhões na compra da Beats Electronics e muita gente apostou que o investimento ia ser compensando com lançamentos mais frequentes, como é o comum para a Maçã. Apesar de ter lançado bons produtos na linha, atualizações são muito raras para quem aplicou tanto dinheiro em uma marca. Com isso, 2018 vai ficar marcado como o primeiro ano sem novidades da Beats desde sua criação há 10 anos.

Cupons de desconto TecMundo: