O usuário Bram, do Hackaday, criou um player de música portátil baseado em Raspberry Pi Zero, o qual se chama PiPod. O projeto inicial usava módulos comuns, o que o deixava grande demais, meio desajeitado e frágil. Depois, Bram personalizou um PCB já com todos os circuitos eletrônicos.

Na página do projeto, Bram explica que resolveu criar o PiPod porque não estava satisfeito com os serviços de streaming de música, pois, de acordo com ele, as faixas começam a ficar repetitivas com o tempo. Já quando você fica offline, o serviço se limita ao espaço interno do celular.

Foi aí que ele teve a ideia de criar um dispositivo onde pudesse carregar toda a coleção de músicas dos discos que já possui em casa, aproveitando que atualmente as memórias flash estão bem baratas.

Características

  • O PiPod é equipado com uma tela TFT de 2,2" e resolução de 320x240 pixels;
  • Possui placa de som PCM5102A com codec de 24-bit i2S DAC e saída de 3,5 mm, que fornece alta qualidade de áudio;
  • Controles de navegação, volume, liga/desliga e chave seletora para alternar entre as fontes de energia (USB ou bateria);
  • Bateria de 1.200 ou 2.000 mAh, com proteção contra curto-circuito e superaquecimento;
  • Usa o VLC como back-end e o Pygame como front-end;
  • Espaço interno de 64 GB;
  • Case feita via impressão 3D.

O projeto completo pode ser conferido no Hackaday. Lá estão, inclusive, os arquivos 3D para impressão da case. Se quiser simplificar as coisas, você pode comprar seu PiPod no Tindie, por USD 75.