Você já imaginou se tivéssemos quatro braços? Ou ainda mais estranho: se tivéssemos um par extra de braços que fosse controlado por outra pessoa para nos ajudar em certas tarefas? Pois com a ajuda da robótica isso já é possível, pelo menos para os engenheiros das Universidades de Keio e de Tóquio, ambas no Japão.

Batizado de Fusion, o sistema de braços robóticos tem como objetivo promover o trabalho colaborativo e o aprendizado à distância

O protótipo que desenvolveram é nada mais que uma espécie de mochila com um par de braços robóticos no mesmo formato que os nossos, contando com mãos e dedos humanoides. Além disso, há também uma “cabeça” que comporta câmeras pelas quais os controladores dos braços vão enxergar as tarefas. Tudo é operado por meio de óculos de realidade virtual e controles manuais.

Trabalhando junto

Batizado de Fusion, o sistema de braços robóticos tem como objetivo promover o trabalho colaborativo e o aprendizado à distância. Segundo o designer chefe do projeto Yamen Saraiji, a ideia era criar uma experiência de compartilhamento do corpo, por isso colocou um par extra de braços e uma câmera em uma pessoa para que outra controlasse tudo isso como se estive em realidade virtual.

Existe também a possibilidade de nós mesmos controlarmos os braços extras ou, ainda mais interessante, fazer com que os membros robóticos controlem os nossos. Isso aumenta infinitamente o leque de possibilidades de aplicações desse dispositivo, que pode ser usado até para ajudar pessoas com problemas de mobilidade.