A Qualcomm confirmou que o seu próximo chipset mobile de alto desempenho será fabricado na escala dos 7 nm. A empresa também explicou que este será seu primeiro produto compatível com redes de telefonia móvel 5G, mas ainda não temos uma confirmação clara de qual será o nome comercial desse chip.

Até o momento, toda a imprensa e a dimensão dos rumores fala em “Snapdragon 855”, mas rumores apontam para uma possível quebra de sequência neste ano. Fala-se na possibilidade de a Qualcomm criar uma nova faixa numérica para nomear seus chipsets a fim de diferenciar as versões para smartphones das que devem ser incorporadas em notebooks e outros dispositivos similares. Entretanto, nada disso foi confirmado pela fabricante.

Novo chipset precisará de um módulo extra para contar com o 5G

O que sabemos é que o novo chip da empresa será “compatível” com o 5G, mas não trará um modem 5G embutido, como era o esperado. Em vez disso, o componente traria um modem X24 (2G/3G/4G) fabricado em 7 nm incorporado em sua estrutura. Para ter 5G, a fabricante do smartphone ou computador precisaria incluir um modem de 10 nm separado chamado X50, o qual seria capaz de se conectar às redes de quinta geração e funcionar lado a lado com o Snapdragon 855 de forma nativa. Em outras palavras, o novo chipset precisará de um módulo extra para contar com o 5G.

Isso estaria acontecendo porque, apesar de o 5G estar fazendo sua estreia comercial em 2019, apenas algumas poucas cidades no mundo terão cobertura. Só em 2020 é que a tecnologia deve começar a chegar a mais localidades, o que tornaria a inclusão de um componente caro como o modem X50 algo desnecessário no projeto do Snapdragon 855.

A Qualcomm não revelou nenhum outro detalhe sobre seu novo chipset, mas a empresa explica que suas parceiras fabricantes de smartphones já estão com amostras desse processador em mãos para desenvolverem seus dispositivos. Espera-se que a Samsung seja a primeira a trazer um aparelho com esse chip para o mercado, lançando o Galaxy S10 nos primeiros meses do ano que vem.