Reebok declarou o início das vendas de seu primeiro tênis "sustentável", que terá em sua composição materiais orgânicos, mais especificamente algodão e milho — daí o nome "Cotton + Corn".  A parte de cima do modelo é inteiramente feita de algodão, enquanto a sola é formada por um derivado de milho e a palmilha, feita de óleo de rícino — popularmente conhecido como mamona.

Embora totalmente reciclável, a novidade ainda não é totalmente biodegradável. De qualquer forma, seu material causa consideravelmente menos impacto ao ambiente durante a produção se comparados aos de tênis comuns. Com esse lançamento, a Reebok segue a tendência de criação de modelos "eco-friendly", assim como a Adidas, com seu tênis construído com plástico recolhido dos oceanos.

O objetivo da marca, segundo o vice-presidente Bill McInnis, é conseguir criar um produto que possa se transformar em adubo após seu desuso e ser capaz de auxiliar na produção de novos tênis. Portanto, o desenvolvimento dessa linha ainda está acontecendo.

O calçado terá produção limitada, modelo único e sairá por US$ 95.