Parece apenas otimismo quando o criador do HoloLens disse que a realidade aumentada mudaria o mundo, mas parece que o headset realmente está começando a fazer a diferença, um exemplo disso é que por meio de uma plataforma é possível usar o HoloLens em cirurgias de coluna vertebral. Agora, para aumentar ainda mais essa certeza, na última sexta-feira (10), a Microsoft anunciou que um dos maiores hospitais infantis do Reino Unido planeja usar o HoloLens e o Surface Hub durante operações críticas, como cirurgias cardíacas.

Localizado em Liverpool, o Alder Hey Children’s Hospital, que trata de mais de 270 mil crianças por ano, pretende utilizar o Surface Hub em salas de reuniões para permitir que a equipe médica use uma tela digital para compartilhar prontuários, testes e imagens que são, tradicionalmente, escritas em papel e disponibilizadas em vários locais do hospital.

Já o HoloLens deverá ser usado diretamente nas salas de cirurgia, permitindo que os médicos criem hologramas 3D e interajam com eles no mundo real, de forma que poderão verificar informações atualizadas sobre um paciente enquanto estão operando.

Para o cirurgião cardíaco do hospital, Rafael Guerrero, essa tecnologia fará total diferença na hora de cuidar de um paciente. "Imaginar o coração de um paciente por dentro e por fora é absolutamente essencial. O Microsoft HoloLens e a realidade mista vão, no futuro, permitir que eu tenha exames de pacientes na minha frente enquanto eu estiver fazendo a operação”, explicou.

Atualmente, o hospital está trabalhando junto da Black Marble - uma parceira da Microsoft - para desenvolver novos aplicativos UWP (Plataforma Universal do Windows), baseados em cirurgias para o Surface Hub e o HoloLens.

Para o diretor clínico de inovação do Alder Hey,  Iain Hennessey: "É incrivelmente importante que adotemos a tecnologia para divulgar nossas melhores pessoas e fazer coisas extraordinárias”, disse. "No final do dia, a saúde das crianças é mais importante do que qualquer outra coisa”, concluiu.