Passada a movimentada semana de lançamento do aguardado Galaxy Note 9, muita gente começa a colocar na balança o que realmente o novo dispositivo agrega à família Galaxy. Uma das coisas que desanimaram um pouco os consumidores foi o fato do phablet não trazer grandes atualizações com relação às câmeras do S9+. Mas será que nessa área tudo ficou parecido mesmo?

Bem, embora a Samsung não tenha incluído uma terceira câmera ou até aumentado o poder de cada sensor, usuários e especialistas têm notado boas otimizações com relação ao software. Alguns deles são semelhantes aos dos aparelhos da Huawei, como os recursos que trazem mais informações sobre ambiente e as condições ideais para captar as fotos.

Vale lembrar que o Note 9 conta com uma grande angular traseira de 12 MP, com abertura variável de f/2.4 com boa luz e f/1.5 em condições de pouca claridade, e a teleobjetiva de 12 MP com zoom digital 2x. Ambas possuem estabilização automática e inteligência artificial que consegue identificar os elementos e ajustar temperatura de cor e outros itens, para que você realmente tire a melhor foto possível. Na frente, há uma câmera para selfies — que ficou de fora nessas amostras.

Confira 35 imagens feitas com o Note 9 abaixo:

Nessas imagens, feitas pelos blogueiro russo Eldar Murtazin, é possível observar uma supersaturação clara e mais calor nas cores, principalmente se comparadas com o iPhone X. Já os detalhes em grandes cenários parecem ter esquema de cores mais frio. Com relação à entrada de luz, o Note 9 consegue eliminar ruídos com eficiência, e assim valoriza a luz que realmente define o objeto.

As composições realizadas em distâncias maiores são as que mais deixam mais a desejar. E, ao que parece, são justamente essas limitações que já estão sendo melhoradas para o Galaxy S10.

E você, o que achou?