Enquanto o mercado aguarda com ansiedade a chegada dos novos processadores Intel com litografia de 10 nanômetros, a fabricante ainda guarda alguns truques na manga para manter a família Core aquecida. A 9ª geração deve chegar no dia 1º de outubro, segundo uma fonte quente do site WFCCTech.

Um chipset com 14 nm aprimorado já era esperado para alimentar produtos mainstream, mas até agora ainda não havia uma confirmação de seu lançamento. Os componentes devem vir otimizados, com mais núcleos e taxas de frequências maiores. Serão três modelos desbloqueados.

O Intel Core i9-9900K deve ser o primeiro com 8 núcleos e 16 threads. Ele vem com base de clock a GHz (e 4,7 GHz no boost), 16 MB de cache, TDP 95W e preço sugerido de US$ 450 (R$ 1.743, na conversão direta). Já o Intel Core i7-9700K promete 8 núcleos e 8 threads, com clock de 3,6 GHz (4,6 GHz no boost), 12 MB de cache e TDP 95W, a US$ 350 (R$ 1.355).

O Intel Core i5-9600K contaria com 6 núcleos e 6 threads, clock de 3,7 GHz (4,3 GHz no boost), 9 MB de cache e TDP 95W, com valor estimado de US$ 250 ( R$ 968). No mês passado, um documento já havia citado esse Intel Core i5 e os outros dois também foram comentados anteriormente, então há grandes chances dessas informações se concretizarem em breve.

Aliás, no vazamento anterior estavam listados também mais quatro Intel Core i5 e outros Intel Core i3. Abaixo, estão todos os componentes previstos, com esses últimos citados provavelmente sendo anunciados no começo de 2019.

intel core

Ainda é cedo para dizer se essas especificações realmente vão rodar da forma desejada nas máquinas, portanto, é preciso aguardar as confirmações oficiais e as primeiras avaliações de desempenho.