Os mais poderosos smartphones da Samsung possuem até agora o limite de 6 GB e isso deve mudar muito em breve. A companhia anunciou hoje (26) o início da produção massiva de seu mais novo módulo RAM de segunda geração na arquitetura de 10 nanômetros, com capacidade de 8 GB.

A novidade LPDDR4X DRAM móvel promete reduzir 10% o consumo de bateria. Ao combinar quatro desses componentes de 16 Gb (o equivalente a 2 GB), a sul-coreana consegue chegar aos 8 GB de RAM em seus smartphones, que provavelmente deve dar as caras no Galaxy S10, no ano que vem — ou até mesmo no Galaxy Note 9.

Além da economia de bateria, o conjunto promete chegar a uma taxa de transferência de dados de 34,1 GB por segundo e diminuir em 20% sua espessura em relação à geração anterior, permitindo que as fabricantes possam montar aparelhos ainda mais finos. Os módulos também poderão operar em pacotes de LPDDR4X de 4 GB e 6 GB.