Um problema bem chato vinha acontecendo com os usuários do Macbook Pro 2018: as teclas do computador estavam travando, o que é bastante incômodo. Como não podia ser diferente, as reclamações dos usuários foram surgindo, e a Apple não emitiu nenhum posicionamento a respeito do design dos computadores.

Contudo, parece que a empresa da Maçã percebeu que realmente havia algo errado na linha dos produtos e tomou uma atitude: agora, a nova geração dos computadores possui uma espécie de membrana de silicone sob as teclas, justamente para evitar que os travamentos ocorram. Acontece que os MacBooks produzidos a partir de 2015 tinham um mecanismo de um modelo chamado "borboleta", em substituição ao que vinha sendo usado até o momento, chamado "tesoura".

De acordo com a empresa, a vantagem do mecanismo de borboleta era a possibilidade de que o espaço dos teclados fosse reduzido e não houvesse tanto ruído na digitação, mas isso acabou se tornando um problema; afinal, como não havia margem de erro nas teclas, as menores sujeirinhas acumuladas podiam fazer com que as teclas travassem.

Segundo o portal iFixit, o uso dessa proteção deve, basicamente, servir para evitar que poeira e demais partículas invasoras entrem no mecanismo dos botões do teclado e, consequentemente, ajudar a impedir os travamentos.

Cupons de desconto TecMundo: