Samsung tem tratado sua linha Galaxy J com carinho. Foi com ela que a companhia encontrou uma diversidade de modelos capaz de agradar diferentes classes econômicas, a partir de produtos com grande apelo na questão custo-benefício — e isso se encaixa bem nos países emergentes, como o Brasil. A pesquisa da consultoria IDC confirma o sucesso dos Galaxy J: sozinhos, eles abocanharam 31% das vendas na América Latina em 2017 e registram 47,4 milhões de unidades comercializadas no primeiro trimestre deste ano.

Os números são da IDC Quartely Smartphones Tracker. De acordo com a própria sul-coreana, o sucesso dos Galaxy J está “nas soluções inteligentes para trabalho e lazer”. Como exemplo, ela cita maior espaço para armazenamento o Dual Messenger, que permite aos usuários duplicar os aplicativos de mensagens instantâneas com certa facilidade. Além disso, a Sammy destaca as câmeras do Galaxy J4, que vêm com um sensor traseiro de 13 MP e abertura f 1.9; e as do do Galaxy J6, com uma frontal de 8 MP e LED e abertura f 1.9.

No Brasil, entre julho de 2017 a junho de 2018, a empresa segue líder no segmento “Mobile, Tablet e Console”, com 42,08% do mercado. A Motorola (20,66%) vem na sequência, seguida da Apple (12,82%) e LG (10,75%). O levantamento é do StatCounter.

pesquisa

E você, o que acha da linha Galaxy J? Quais são as vantagens e desvantagens? É realmente um boa compra na questão custo-benefício? Deixem suas opiniões logo ali nos comentários.