Bem, todo mundo sabe como pode ser um tanto quanto incômodo ter que esperar muito tempo para carregar um smartphone ou quaisquer outros dispositivos móveis. Por isso mesmo, as gigantes da tecnologia procuram a cada temporada uma forma de atenuar esse suplício, com super carregadores capazes de diminuir a espera e a temperatura dos próprios acessórios. Mas, com tanta empresa dizendo que sua solução é a melhor, qual é a diferença entre cada uma?

É o que nos esclarece o infográfico criado pelo Hometop. Vamos a cada um deles:

One Plus Dash Charge

  • Baseado no sistema Oppo Flash Charging, que pode alimentar de 0% até 75% de recarga em até 30 minutos
  • 5V-4A
  • Não funciona com aparelhos de terceiros
  • Usa circuito dedicado embutido no próprio carregador

carregador

Huawei SuperCharger

  • Baseado em tecnologia própria, que pode recarregar 3000 mAh em menos de 40 minutos no Huawei Mate 9
  • 5V-4.5A
  • Compatível com Qualcomm Quick Charge
  • Vem com o P20 Pro, Honor 10 e Honor View 10

Qualcomm Quick Charge

  • Baseado em tecnologia própria, que promete recarga até 80% mais rápida que os carregadores tradicionais
  • Compatibilidade retroativa
  • Nokia, Xiaomi, LG, HTC e Razer usam como padrão

carregador

USB Power Delivery

Livre de royalties, padrão aberto
Comporta apenas conectividade USB-C
É o mais recomendado pela Google

Samsung Adaptive Fast Charge

  • Baseado na tecnologia  Qualcomm QC 2.0
  • Compatível com qualquer Qualcomm Quick Charge
  • Encontrado na maioria dos smartphones da empresa, como o S9 Plus e o Note 8

carregador

Apple Fast Charge

  • Baseado na tecnologia USB Power Delivery
  • Precisa ser comprado separadamente
  • Usado no iPhone X, 8 e 8 Plus
  • Versões mais poderosas estão disponíveis para iPads e Macbooks

Motorola Turbo Charge

  • Baseado na tecnologia Qualcomm Quick Charge 2.0/3.0
  • Disponível para todos os telefones Motorola

carregador

MediaTek Pump Express

  • Mesmo com a rivalidade com a Qualcomm, é compatível com dispositivos Qualcomm Quick Charger
  • Disponível para os telefones com processadores MediaTek, a exemplo do Infinix, Meizu, Moto, entre outros

carregador

Abaixo, um comparativo de capacidade de carregamento por Watts:

carregador

Em seguida, a avaliação por tempo:

carregador

E, finalmente, taxa de recarga, de miliampère por minuto:

carregador

Depois de todo esse “raio-X”, o campeão foi o Huawei Super Charger, com taxa de 46.57 mAh por minuto e vai de 0% a 100% da bateria de 3400 mAh em 73 minutos.

Para quem quer saber mais sobre os avanços nesse setor, o vídeo abaixo explica bem, com a presença da musa Emily Ratajkowski: