Bem, não é somente de telefones dobráveis que vive o cenário de patentes inovadoras para os próximos anos. Acessórios também estão ficando “mais inteligentes”, a exemplo das canetas digitais. Além de um upgrade na S Pen da Samsung para o Galaxy Note 9, vemos agora um registro de patente da LG que pretende transformar uma stylus em um dispositivo com as funções de um smartphone.

O documento foi registrado em 2015 e exibe dois displays. O primeiro é pequenino e fica na extensão da caneta, exibir o horário, algumas notificações e atalhos para apps. Já o segundo é flexível e fica embutido no interior do gadget, podendo ser estendido na hora do uso.

Segundo a descrição afirma que é possível parear com outros aparelhos e espelhar para espelhar sua caligrafia. Ou seja, você poderia reproduzir o que escreve em um papel em qualquer monitor digital. O hardware viria com giroscópio, bússola eletrônica, sensores de proximidade e pressão, câmera, rastreador ocular, leitor biométrico, microfone e uma seção que pode emitir som — o que poderia habilitar chamadas telefônicas, em conjunto com um celular.

Só não me pergunte como isso tudo caberia em tão pouco espaço. E aí, o que acharam? Será que essa ideia daria certo?