O noticiário sobre possíveis novos gadgets da linha Surface tem sido agitado ultimamente, especialmente com a possibilidade da chegada de um “Surface de bolso de duas telas” — um gadget que poderia unir a experiência de um computador pessoal com a dos smartphones. Mas, segundo informações de Mary Jo Foley, do ZDNet, o projeto teria sido paralisado pela Microsoft e pode ser que nunca vejamos ele chegar ao seu final.

A primeira grande razão para isso seria conflito de calendário, pois o chamado “Projeto Andromeda” não estaria concluído até o lançamento da próxima grande atualização do Windows 10, a Redstone 5, que tem previsão de se distribuída a partir de setembro. O Andromeda não estaria pronto até lá e ser anunciado sem esse grande apelo poderia comprometer suas vendas. Mary Jo acredita que o dispositivo não estaria finalizado nem mesmo a tempo de ser comercializado com uma nova versão dos sistema operacional.

Outro bom motivo seria o simples fato da companhia de Redmond ainda não encontrar a demanda para um Surface dobrável de bolso que poderia rodar apenas os apps da Microsoft Store. Os próprios softwares exclusivos, dedicados à nova plataforma, estariam muito atrasados. Então, ele estaria sendo redesenhado para ser maior e ser algo mais próximo de um laptop mesmo, com capacidade para todos os aplicativos convencionais.

A decisão de paralisar e reavaliar o Andromeda teria sido tomada apenas há algumas semanas, após recente reorganização interna, quando diretores teriam preferido concentrar fogo na Redstone 5 ao invés de um novo gadget ainda incompleto. Aliás, os recentes vazamentos de imagens e mais detalhes do projeto seriam justamente uma tentativa dos fãs do aparelho dentro da própria companhia de ganhar apoio externo.

E você ficou triste ao saber disso? Compraria esse Surface dobrável de bolso?