Quando você compra um monitor com resolução 1440p, você espera que a tela seja um monitor com essa resolução e funcione nas mais perfeitas condições. Contudo, algumas fabricantes podem estar fraudando monitores e vendendo telas 4K com a resolução capada como se fossem aparelhos 1440p nativos.

E se, à princípio, isso parece ser uma vantagem, na prática, essa situação é bastante negativa. Isso porque o processo de downscaling aplicado para diminuir a resolução prejudica a qualidade geral da imagem. Segundo o site alemão Prad.de, essa é uma prática recorrente na indústria e, apesar de não dar nomes aos bois, a publicação cita fontes próximas de fabricantes para apresentar essa denúncia.

Como as telas têm a sua resolução travada em 1440p no firmware, não é possível realizar qualquer modificação para explorar o máximo da qualidade oferecida pelo 4K limitado. Para mostrar como o downscaling é prejudicial à qualidade da imagem, o Prad.de publicou um comparativo.

Acima, o pixel de uma tela com resolução 1440p nativa. Abaixo, o pixel de uma tela com downscaling para 1440p:

Pixel

Ainda de acordo com a publicação alemã, uma forma de avaliar se o seu monitor teve a resolução capada é notar a presença de textos e ícones borrados quando eles deveriam ser nítidos. Imagens menores evidenciam mais essa característica.

Essa história provavelmente renderá bastante, visto que a denúncia repercutiu mundialmente e provavelmente gerará um posicionamento das fabricantes. Fique de olho aqui no TecMundo para conferir todos os desdobramentos.