Huawei vem procurando nos últimos anos um lugar de maior destaque entre as grandes fabricantes do mundo, ao oferecer aparelhos com especificações poderosas e preço competitivo. Como a chinesa não gosta de ficar para trás, ela deve aderir à tendência que a Apple e a Samsung vêm difundindo no uso de display OLED com painel maior, possivelmente em seu próximo topo de linha, o Mate Pro 20.

Usuários chineses têm optado por telas maiores porque os caracteres de seu idioma ocupam mais espaço

De acordo com informações do periódico oriental The Bell, a montadora Samsung Display começou a fornecer as telas de 6,9 polegadas para a Huawei e a produção já teria iniciado — visando um lançamento para o final do ano ou para os primeiros três meses do ano que vem. Como o Mate 20 e o Mate 20 Pro são aguardados para outubro, a aposta seria para o flagship.

Entretanto, ainda que a especulação do painel generoso gire em torno do Mate 20 Pro, existe a possibilidade da companhia criar um novo modelo para o mercado premium chinês — e potencialmente para o consumo mundial também. Como por lá o uso da área de texto é maior, por conta do formato dos caracteres, os consumidores têm optado pelas telas grandes de produtos que vêm de outros países — normalmente os da Apple. E aí é que entraria esse gadget.

A Huawei é líder de mercado na China, com 21,2% de participação, enquanto no cenário global ela chegou ao terceiro lugar (11,4%), somente atrás da Apple (15,1%) e da Samsung (22,6%). Ter um dispositivo com uma tela grande com a mesma tecnologia dos concorrentes passa a ser, então, uma verdadeira necessidade para compor portfólio à altura das rivais.