O que começou como uma piada de Elon Musk no Twitter virou um produto real e chegou nesse fim de semana às mãos dos consumidores. O lança-chamas da Boring Company (que oficialmente se chama “Not-A-Flamethrower”) foi vendido por US$ 500 e esgotou rapidamente, gerando um retorno aproximado de US$ 10 milhões para a companhia.

No último sábado (9), cerca de mil pessoas foram a uma festa no estacionamento da SpaceX — outra empresa de Musk — para receber seus itens. O próprio fundador de ambas as companhias publicou no Twitter imagens dos clientes testando o produto na frente da marca da Boring Company. Eles usaram o lança-chamas para tostar um marshmallow.

A princípio, era necessário morar próximo da cidade de Hawthorne, na Califórnia, — onde fica a sede da SpaceX — para ir ao evento e receber o lança-chamas, mas isso deve mudar em breve. Musk esclareceu que houveram atrasos na entrega pelo fato de a regulamentação não permitir o transporte de objetos chamados lança-chamas, o que motivou a mudança do nome do produto para, literalmente, “Não-É-Um-Lança-Chamas”.

Ainda faltam cerca de 19 mil lança-chamas para serem entregues. Durante uma sessão de perguntas sobre os rumos da Boring Company e seu sistema de transporte subterrâneo, Elon Musk disse que essas pessoas receberiam os produtos em casa, por uma van personalizada da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: