A Sony atualizou a sua linha de câmeras compactas com a RX100 VI, aparelho anunciado nesta terça-feira (5). Ele  traz como principal avanço em relação ao seu antecessor uma lente ZEISS Vario-Sonnar T 24-200 mm, que garante um ótimo zoom óptico para o equipamento — 8,3x, para ser mais exato.

Apesar do avanço na questão do zoom aprimorado, a câmera perdeu em termos de abertura: enquanto o modelo antigo tinha abertura f/1.8-2.8, a nova câmera vem com f/2.8-4.5, o que poderia tornar problemáticos os registros feitos em ambientes com pouca iluminação. Entretanto, o sistema de processamento de imagem Bionz X promete reduzir ruídos e produzir belíssimas imagens mesmo assim.

A tecnologia Optical SteadyShot garante velocidade aprimorada para o obturador ao mesmo tempo em que capturas bem definidas sem muito trabalho, informa a fabricante. O sistema de autofoco Fast Hybrid AF promete focar o objeto da captura em incríveis 0,03 segundos. Em suma, RX100 VI apresenta um conjunto de elementos para ser uma das principais point and shoot da atualidade.

A câmera traz sensor Exmor RS CMOS 1.0 com chip DRAM dedicado para incrementar seu desempenho de modo geral. A lente produz imagens de até 20,1 megapixels, enquanto capturas e ajustes podem ser controlados por meio de uma pequena tela OLED sensível ao toque presente nas costas da câmera. Há ainda flash e um visor óptico para quem prefere o método clássico — ambos retráteis.

Em termos de vídeo, a RX100 VI é a primeira CyberShot a suportar capturas 4K HDR, além do tradicional 4K a 30 quadros por segundo. Capturas em câmera lenta estão 40 vezes mais lentas e podem chegar a até 960 quadros por segundo, informa a Sony. Por fim, transferir imagens para o PC ou para o celular pode ser feito por meio de WiFi, NFC ou QR-Code.

Preço e disponibilidade

A RX100 VI chega no começo de julho com preço oficial de US$ 1,2 mil, cerca de R$ 4,5 mil em conversão direta e pela cotação de hoje.