Com o rápido avanço dos processadores e das capacidades dos smartphones top de linha, houve um desdobramento da linha intermediária para diferentes faixas de consumidores e uso nas últimas temporadas. Prova disso é o sucesso dos chamados mid-range premium, que normalmente possuem especificações acima da média e ainda oferecem preços acessíveis. A MediaTek quer elevar a competição com a Qualcomm e a Samsung e anuncia seu novo chipset Helio P22, justamente para brigar nessa seara.

A companhia segue a linha apresentada no Helio P60, anunciado em março e que integra aparelhos que vem agradando, a exemplo de produtos da Oppo e da chinesa Vivo. Assim como o P60, o P22 conta com arquitetura de 12 nanômetros, o que é uma novidade, já que esse segmento costuma utilizar processadores de 14 nanômetros.

A fabricante taiwanesa adiantou que o Helio P22 lida bem com habilidades ligadas à inteligência artificial, como reconhecimento facial; tem capacidade para resolução de até 1600 x 720 pixels e suporta uma câmera de 21 MP ou sensores duplos, de 13 MP e 8 MP. A novidade conta também com rápida conectividade e relativo baixo custo para montagem. O chipset é desenhado em oito núcleos ARM e pode rodar a até 2 GHz, o que melhora o desempenho geral e diminui o consumo de energia.

A produção em massa começou e os chips devem começar a aparecer em breve em dispositivos para o consumidor ainda este ano, a partir do terceiro trimestre.

Cupons de desconto TecMundo: