A Honor é uma submarca mais acessível da chinesa Huawei e seu mais novo flagship, o Honor 10 vem sendo chamado de “versão mais em conta” do P20 Pro. E não à toa: o lançamento global coloca no mercado uma opção com especificações poderosas e preço competitivo para as prateleiras europeias.

Assim como o P20 Pro, os modelos Phantom Blue e Phantom Green do Honor 10 traz o chamado “Aurora Glass”, um revestimento de vidro que muda de cor de acordo com o ângulo. O display conta com o infame entalhe e tem 5,84 polegadas, na proporção 19:9 e resolução Full HD+ (2280 x 1080). Assim como o produto de sua “empresa-mãe”, o dispositivo vem como um processador Kirin 970 e 4 GB de memória RAM, com armazenamento interno de 64 GB ou 128 GB.

As câmeras são um dos pontos fortes, com duas traseiras, uma de 16 MP colorida e outra de 24 MP monocromática, ambas com abertura f/1.8. A de selfie conta com um sensor de 24 MP com abertura f/2.0. O software de captura vem com estabilização de imagem automática e reconhecimento de cenas e objetos com ajuda da inteligência artificial.

honor 10

O Honor 10 vem com leitor biométrico e bateria de 3.400 mAh, que possui o carregamento agilizado 5A, capaz de energizar metade do tanque em 25 minutos. O sistema operacional é o Android 8.1 Oreo. A novidade está à venda na Europa a 399 euros (R$ 1.738) para a versão de 64 GB e a 499 euros (R$ 2.174, sem taxas) para a de 128 GB.

Pra quem busca adquirir algum smartphone da Huawei, confira os principais modelos vendidos no mercado: