Chicletes podem ser bons para mastigar, mas uma mísera goma de mascar leva até 25 anos para se deteriorar completamente na natureza. Visando reduzir o impacto desse produto tão consumido em várias partes do mundo, a fabricante de calçados Gumdrop se uniu ao designer Explicit Wear para criar um tênis que tem chicletes reciclados em sua composição.

Chamado de Gumshoe, o tênis usa tecnologia Gum-Tec e tem 20% de gomas mastigadas entre as suas fibras, o que dá cerca de 250 gramas a cada par fabricado. Seus criadores descobriram que as gomas de mascar são espécies de borracha sintética, portanto, criaram novos componentes para indústrias que utilizam plástico e borracha.

A Gumdrop tem sede em Amsterdã, Holanda, e afirma que cerca de 1,5 mil toneladas de chicletes vão parar nas ruas da cidade. É justamente daí que ela retira toda a matéria-prima inusitada para criar um par de tênis cheio de estilo e com pegada sustentável.

GumshoeGumshoe leva chicletes reciclados em 20% de sua composição.

Os chicletes reciclados se concentram no solado de cada tênis, que trazem ainda uma reprodução do mapa da capital holandesa. O restante da peça tem um material mais tradicional, apesar de nem sempre sustentável: o couro. O The Verge informa que os responsáveis pela peça estudam até mesmo uma forma de oferecer a reposição do solado para os usuários que desejarem conforme a peça for desgastando.

Essa possibilidade tem um ótimo potencial sustentável, afinal o solado normalmente é a primeira parte a se desgastar de forma a tornar impraticável continuar usado um calçado. Se vier a ser implementada, a troca seria feita mediante pagamento, mas provavelmente sairia bem mais barato do que adquirir uma nova unidade do Gumshoe: cada par custará 190 euros, cerca de R$ 800.