A Apple é a maior fabricante de relógios na atualidade e tudo isso começou em 2015, quando ela lançou a primeira geração do Apple Watch. Para promover o dispositivo, a Maçã abriu na época três lojas exclusivas para ele em três grandes cidades do mundo: Londres, Paris e Tóquio.

Como as lojas de Paris e Londres já haviam sido fechadas em 2017, restava apenas a de Tóquio. A filial japonesa, porém, tem os seus dias contados e funcionará somente até o próximo dia 13. Os espaços dedicados ao Apple Watch permitiam que usuários experimentassem a peça e tentavam criar apelo justamente em cidades com alto poder aquisitivo.

A Apple sinalizou na própria loja, localizada em Shinjuku, que ela fecha em maio, mas não deu qualquer explicação. A justificativa mais plausível deve ser a abertura de uma Apple Store do outro lado de onde atualmente está a “Apple Watch Store”, dispensando a necessidade de um espaço exclusivo para o relógio inteligente.

Cupons de desconto TecMundo: