As baterias da empresa norte-americana Tesla (que desenvolve veículos elétricos de alto desempenho) estão apresentando melhor qualidade do que o esperado. Segundo pesquisa do Owners Club com 350 proprietários de veículos da empresa, os carros poderiam manter seu poder de carga de bateria em 90%, mesmo após atingir 300.000 km.

Os dados mostram uma diminuição em torno de 5% de capacidade após 80.000 km percorridos. Depois desse marco, a bateria apresenta uma queda ainda mais lenta de capacidade. Seguindo tal ritmo, a previsão é de que a maioria dos veículos Tesla mantenham em torno de 90% da capacidade mesmo após atingir a marca de 300.000 km e de 80% depois de atingir 800.000 km.

1

Os resultados da pesquisa demonstram que a qualidade das baterias Tesla, uma empresa sem tradição e que se tornou referência nesse mercado, está superando o que é oferecido por outras empresas, que garantem 66% de capacidade após 160.000 km percorridos, como é o exemplo da Nissan.

Sendo essa uma das maiores preocupações de compradores desse tipo de veículo, pode ser reconfortante o resultado da pesquisa em torno da capacidade perdida da bateria, ao longo do tempo. Principalmente por ter sido realizada com um grupo de usuários reais. Ainda assim, pesquisas com mais veículos, em maior escala, podem ser importantes para conclusões mais seguras.

Cupons de desconto TecMundo: