Um vídeo publicado pelo youtuber Linus Tech Tips na última terça-feira (17) em seu canal tem gerado uma grande polêmica na comunidade de usuários de computadores da Apple. Linus, que tem um canal no YouTube famoso por fazer análises detalhadas em computadores, smartphones e outros produtos, danificou um iMac Pro durante a gravação de seu vídeo sobre o aparelho. Depois do ocorrido, o youtuber levou o computador para uma loja oficial da Apple fazer o reparo. Dois meses depois, ele recebeu um email dizendo que a empresa não poderia consertar o dispositivo.

Ele estava ciente de que precisaria pagar pelo serviço

É importante ressaltar que a Linus não estava pedindo para a Apple consertar o computador gratuitamente, dentro da garantia legal. Ele estava ciente de que precisaria pagar pelo serviço e, segundo diz em seu vídeo denunciando o comportamento da Maçã, deixa claro que pagaria o que fosse necessário.

A justificativa da Apple para se recusar a consertar o computador seria a falta de peças para reposição. Em seus termos de uso, a Apple deixa bem claro que poderá se recusar a consertar aparelhos que não possuam mais peças de reposição sendo fabricadas. Contudo, o iMac Pro foi lançado no final do ano passado. Ele não tem sequer um ano de mercado, e a fabricante já está dizendo que não possui peças tão essenciais quanto o display, placa-mãe e fonte de energia para substituição.

Linus diz que questionou a posição da Apple, e a empresa o orientou a procurar uma assistência técnica autorizada, onde ele talvez encontraria uma possibilidade de reparar o dispositivo. Linus foi a uma dessas assistências, mas o técnico afirmou que a empresa ainda não havia promovido cursos de reparação do iMac Pro e, por isso, ele não faria o reparo.

De acordo com o TechRadar, entretanto, a Apple fornece sim esse curso, mas somente à distância. Os técnicos autorizados podem assistir às aulas e ganhar certificação para fazer os reparos. Contudo, se uma loja própria da Apple não conseguiu receber peças para conserto, qual seria a chance de uma autorizada conseguir? É o que questiona Linus.

Outra possibilidade para a recusa

A Apple não comentou o caso oficialmente, mas pode ser que a empresa tenha se recusado a consertar o aparelho pelo fato de ele ter sido aberto por uma pessoa não certificada pela empresa, com o intuito de modificar a máquina. A Apple alega que pode se recusar a consertar dispositivos que sofreram “intrusão” de pessoas não habilitadas, mas isso apenas para reparos dentro da garantia.

O iMac Pro de Linus foi danificado durante a gravação da análise do aparelho que o youtuber fez há cerca de dois meses. Ao remontar o dispositivo, o técnico que o ajudava derrubou e quebrou o display. A placa-mãe e a fonte do computador também foram danificadas no acidente.

Cupons de desconto TecMundo: