Neymar Jr., craque da Seleção Brasileira de futebol e um dos atletas mais influentes e reconhecidos do mundo, assumiu nesta terça-feira (17) seu novo papel como embaixador mundial da TCL em um evento que aconteceu na cidade de São Paulo. O TecMundo esteve lá e testemunhou a jovem estrela do futebol dando início à campanha global de esportes da marca em um ano mais do que especial – de Copa do Mundo.

Esta é uma aliança perfeita para a TCL, somos muito apaixonados por esportes. Essa jornada com Neymar Jr. será totalmente integrada à marca global e às estratégias de marketing da empresa

“Estou honrado de ser Embaixador Global da TCL. A marca e eu compartilhamos valores semelhantes, como a busca constante de excelência e ótimos resultados”, ressalta Neymar Jr. “Meus fãs me veem jogando futebol na televisão e eu gosto de assistir a todos os esportes na minha TV da TLC em casa, com minha família e amigos. Eu sei que a parceria será uma jornada divertida”, acrescentou o jogador.

O vice-presidente sênior da TCL Corporation e CEO da TCL Multimedia Kevin Wang celebrou a parceria: “Esta é uma aliança perfeita para a TCL, somos muito apaixonados por esportes. Essa jornada com Neymar Jr. será totalmente integrada à marca global e às estratégias de marketing da empresa. Estamos muito animados para trabalhar com esse astro e oferecer aos consumidores uma experiência única e imersiva nos esportes que eles adoram”.

aKevin Wang, Vice-presidente Sênior da TCL Corporation e CEO da TCL Multimedia

Novos produtos

Durante o evento, Neymar Jr. experimentou a QLED TV X6, o principal produto da TCL, uma SmartTV com tela de 85 polegadas que pode ser instalada tanto em paredes quanto sobre móveis ou, caso o usuário preferir, ser apoiada sobre um suporte com design exclusivo. O dispositivo traz detalhes de design que remetem à cultura milenar chinesa, com tons de madeira e dourados e a tecnologia de pontos quânticos.

Trata-se de um dispositivo mais acessível, especialmente pensado para quem quer entrar no mundo do 4K, tecnologia ainda em expansão no Brasil

A tela da QLED TV X6 é compatível com HDR de 110% e tem um brilho de 1.200 nits. Ela conta com o sistema Dolby Atmos 7.1.4 de 12 canais com alto-falantes com cúpula de seda da Harman Kardon. Segundo a TCL, a TV proporciona imersão total com som em 360 graus e 360 W de potência. Tudo isso que você leu aí vai sair pela “bagatela” de R$ 65,9 mil e será vendida apenas por meio de encomendas, ou seja, não vai rolar sair por aí atrás de uma para ver os melhores lances da Copa do Mundo.

Já a TCL 4K UHD P6 está sendo lançada no Brasil estreando a apresentação da série de campanhas publicitárias TCL x Neymar Jr. Trata-se de um dispositivo mais acessível, especialmente pensado para quem quer entrar no mundo do 4K, tecnologia ainda em expansão no Brasil e que pode usar da Copa do Mundo para se consolidar de vez.

A TCL 4K UHD P6 é oferecida ao consumidor em três tamanhos: 50, 55 e 65 polegadas e seus preços sugeridos são, respectivamente, R$ 3,1 mil, R$ 3,7 mil e R$ 7 mil.

aTCL QLED X6

Marketing é tudo!

A TCL, portanto, está lançando uma campanha de vídeo exclusiva com Neymar Jr. na qual ele experimenta também outros produtos do extenso portfólio da TCL

A parceria com Neymar Jr. é um passo fundamental na estratégia global da empresa, permitindo que a TCL atinja um público maior de fãs de esportes em todo o mundo. A união com o atleta aumenta a visibilidade da marca reforçando a imagem jovem e internacional da companhia.

“Nossa visão é transformar a TCL em uma líder global em produtos inteligentes e serviços de internet. Nós conectamos nossos consumidores com liderança de tecnologias de ponta, experiências com produtos inteligentes e parcerias globais que se encaixam com os objetivos da marca”, conta Kevin Wang.

A TCL, portanto, está lançando uma campanha de vídeo exclusiva com Neymar Jr. na qual ele experimenta também outros produtos do extenso portfólio da TCL, incluindo TVs, máquinas de lavar roupa, geladeiras e outros eletrodomésticos.

aNeymar "troca camisas" com os grandes nomes da TCL

Conversa com Neymar

Durante a sessão de perguntas e respostas entre jornalistas e Neymar Jr., tivemos a oportunidade de questionar o craque sobre seu envolvimento com a empresa:

TecMundo: Quando você faz parte de campanhas publicitárias, independentemente do tipo de produto, você aceita como um simples trabalho profissional caso seja vantajoso para você ou há uma preocupação em conferir mais a fundo sobre o produto para que você aceite vincular sua imagem a ele?

Neymar: Claro que existe um trabalho nisso, mas eu não aceito só pelo trabalho, só porque é bom para mim, enfim. Claro que quando você vincula o seu nome a uma marca é bom para os dois lados, mas é óbvio que eu procuro conhecer, procuro saber de onde vem, quem está por trás, e a partir do momento que você cria esse carinho, esse contato, eu acho que tudo facilita, né? É a mesma coisa no seu trabalho: se você vai feliz para o seu trabalho você vai fazê-lo muito bem. É a mesma coisa comigo e com as minhas marcas. Eu tenho não só um vínculo contratual, mas também de carinho, respeito e a admiração que tenho por todos os meus patrocinadores.

aNeymar responde às perguntas dos jornalistas no evento da TCL

Entrevista com o CEO Brasil da TCL

Durante o evento, tivemos a oportunidade de conversar com Ricardo Freitas, CEO Brasil da TCL, que falou um pouco mais sobre o produto, a empresa e, claro, o novo garoto propaganda da companhia.

TecMundo: Como está sendo ter o Neymar como imagem da empresa nesse ano tão importante aqui no Brasil que é quando acontece a Copa do Mundo?

Ricardo Freitas: Eu acho que uma associação de marcas muito forte. O Neymar já é um ídolo global. No Brasil, obviamente, a força dele é exponencial, mas ele já é um ídolo global, e você poder ter a felicidade de associar as marcas Neymar Jr. e TCL é uma alegria imensa para nós. Da mesma forma que ele está lá na busca da perfeição constante, sempre dando o seu máximo, a TCL lançou a X6, que é praticamente um cinema, e a P6 que a gente está lançando é o primeiro passo dentro do 4K para quem tem vontade de sair da TV Full HD e entrar no 4K.

TecMundo: Como está o mercado brasileiro em relação à tecnologia 4K? Ele está pronto para abraçar esse recurso? A Copa do Mundo pode ser uma oportunidade para consolidar esse tipo de dispositivo entre as pessoas?

Ricardo Freitas: Eu acho que essa é a Copa do 4K. O 4K já existe desde a Copa anterior, mas qual é a característica do Brasil? É um país de poder aquisitivo baixo quando comparado com outros países. Quando você olha para os mercados desenvolvidos, o 4K já está estabelecido, nos Estados Unidos, na Europa, no sudeste asiático, na China. Para Brasil, apesar de ter entrado há quatro anos, o volume de vendas de 4K ainda está beirando os 20%. Acho que esse é o momento de ter uma esticada, uma puxada no volume de vendas de televisores 4K. Talvez na próxima copa o 4K já seja a base da normalidade e já poderemos pensar em 8K.

aRicardo Freitas, CEO Brasil da TCL

TecMundo: Em relação à crise econômica recente que tivemos no país, como estão as vendas de SmartTVs e qual a previsão para 2018?

Ricardo Freitas: Eu acho que a gente já passou o ponto de inflexão da crise e entrou em um momento de recuperação. A crise foi de uma intensidade e duração muito marcantes. Houve um recuo de quase 10% do PIB e pelo menos 10 trimestres de recessão. No segmento eletroeletrônico, especialmente no de TVs, o volume caiu para quase metade do que era anteriormente. Agora já é possível sentir a recuperação em um bom ritmo. Hoje as pessoas têm muito mais do que antes a vontade de trocar de televisão. Quem tem TV de tubo quer uma tela fina. Quem tem uma tela fina quer uma Smart. Faz uma diferença colossal você estar conectado, poder acessar Netflix, YouTube. Quem tem uma TV Smart que não é 4K, já quer uma 4K. Em qualquer segmento você vê a pessoa querendo trocar de TV. É um momento em que a recuperação está se dando em ritmo muito bom.

TecMundo: Vai ser possível assistir à Copa do Mundo em 4K já esse ano ou a tecnologia ainda está mais restrita a filmes ou séries específicas transmitidas nessa qualidade?

Ricardo Freitas: Vai haver geração e captação de imagem em 4K, vai haver caminhos para assistir à Copa e capturar essa imagem, dessa transmissão, mas ainda é uma realidade que, principalmente no Brasil, por questões de infraestrutura, de rede, você vai ter um delay muito grande. Se você quiser assistir à Copa ao vivo em 4K, quando o jogador passar do meio de campo já vão estar gritando gol no vizinho, o que vai frustrar o espectador. Querer comprar um TV 4K é muito válido e você vai conseguir ver a Copa em uma qualidade muito superior, mas para esse ano, se as pessoas quiserem realmente consumir esse conteúdo dessa forma, vão precisar saber lidar com o fato de que as imagens e sons são transmitidas com um atraso de uns 40, 45 segundos.

Cupons de desconto TecMundo: