Os computadores com chips ARM da Microsoft, ou mais precisamente os Snapdragon 835 da Qualcomm, por enquanto ainda sofrem com uma grande limitação, que é a incompatibilidade com os apps 64-bit, por isso eles só vêm rodando os 32-bit. Mas, de acordo com o Engadget, isso deve mudar em maio, quando acontece a conferência para desenvolvedores da companhia de Redmond, a Build Developers Conference.

Os PCs com Snapdragon 835 têm a vantagem da portabilidade e de estarem sempre conectados, com grande autonomia de bateria e rapidez de conexão

O próprio gerente geral do Windows, Erin Chappie, revelou que já está à caminho o kit de desenvolvimento de software ARM64, especialmente confeccionado para que os programadores possam recompilar os aplicativos e eles possam rodar de forma nativa nas novas máquinas. Resta saber se os programas que exigem alta performance vão funcionar adequadamente, ainda mais se o dispositivo estiver fazendo múltiplas tarefas.

Os PCs com Snapdragon 835 têm a vantagem da portabilidade e de estarem sempre conectados, com grande autonomia de bateria e rapidez de conexão. Eles inicialmente estão chegando ao mercado como o Windows 10 S, entretanto, a Microsoft já adiantou que vai oferecer atualizações gratuitas para o Windows 10 Pro, o que pode tornar o sistema operacional mais amigável e versátil — e também assegurar vantagem na venda dos computadores com chip ARM.

asus goAsusGO é o primeiro PC equipado com o processador Snapdragon 835

O ARM64 SDK é destinando tanto para os utilitários da Windows Store quanto para os títulos para desktop. Obviamente, nem todo mundo vai querer ter o trabalho de reconstruir seus apps para rodar em ARM, mas ter uma plataforma aberta para a compatibilidade já torna a chegada desse novo modelo bem mais fácil de ser aceita no mercado.

Cupons de desconto TecMundo: