Antes mesmo da chegada dos novos flagships da Samsung, já haviam boatos sobre uma diferença de duração da bateria entre os chipsets Snapdragon 845 e Exynos 9810. Os primeiros foram distribuídos em mercados como os Estados Unidos e o Brasil e o segundo para o restante do mundo. Agora, algumas análises destacam pior eficiência energética dos Galaxy S9S9+ e avaliações aprofundadas culpam justamente o processador da sul-coreana, o Exynos. Isso vem sendo confirmados por vários testes mundo afora, comprovando que os dispositivos que rodam os componentes da Qualcomm têm garantido mais autonomia.

O desempenho geral e a vida útil da carga parecem ser melhores mesmo com os Exynos — o que faz sentido, pois, conhecendo melhor o próprio hardware, a Samsung pode otimizar todas as funcionalidades do software. Contudo, os relatórios de alguns sites vêm mostrando que as versões com Snapdragon podem ser melhores quando se fala em performance da bateria.

O AnAndTech observou vários aparelhos durante navegação na web e o S9+ (Snapdragon 845) foi bem, abaixo somente do iPhone 8 Plus e do Huawei Mate 9. Já o S9+ (Exynos 9810) e o S9 (Exynos 9810) aparecem até mesmo abaixo do S8 (Exynos 8895)  e do S7 Edge (Snapdragon 820), respectivamente.

samsung galaxy s9

Quando avaliado na relação de horas de uso, o S9+ (Snapdragon 845) ainda ficou atrás do S8 (Exynos 8895), mas bem à frente do Galaxy S9 (Exynos 9810) — vale destacar que em ambas as medições faltou o S9 (Snapdragon 845):

samsung galaxy s9

Na lista da firma de consultoria Strategy Analytics (via Yonhap News), o Galaxy S9 com Exynos amargou a sexta colocação no quesito duração de bateria, atrás dos principais top de linha dos concorrentes. O smartphone durou 26 horas e 52 minutos ao “esvaziar completamente a carga, em um cenário típico de usuário”. O LG G6 ficou à frente, com 32 horas e 35 minutos, e o Huawei P10 aguentou 32 horas e 8 minutos.

Em uma comparação relacionada, o canal PhoneBuff aponta que pode haver também diferença de velocidade entre os Exynos e os Snapdragon.

Ainda não dá para dizer ao certo o que realmente vem causando mais lentidão e consumo, contudo, o mercado espera por atualizações de correção. Enquanto isso, os brasileiros pelo menos podem se sentir mais aliviados, pois os produtos que estão por aqui vêm com o Snapdragon 845.

Cupons de desconto TecMundo: