Imagem de: Xiaomi apresenta notebook de baixo custo feito para jogatina e trabalho

Xiaomi apresenta notebook de baixo custo feito para jogatina e trabalho

2 min de leitura
Avatar do autor

Quem acompanhou os anúncios da Xiaomi na espera de ver o novo Mi Mix 2S acabou por receber uma surpresa agradável. Isso porque, além do aparelho, a gigante chinesa revelou nada menos do que um novo notebook de nível intermediário, sendo descrito por eles como um “laptop de jogo que pode ser levado para o trabalho”.

O aparelho, criativamente chamado de Mi Gaming Laptop, mostra que não vem para brincadeiras com seu hardware. Além de um processador Intel Core i7 de sétima geração, o notebook de 15,6 polegadas ainda traz 16 GB RAM, um SSD de 256 GB e um HDD de 1 TB para armazenamento (além de um espaço de expansão para outro SSD).

O destaque, claro, fica para uma GeForce GTX 1060 – uma placa de poder mais do que suficiente para jogatinas semi-profissionais. Junte a isso um sistema de resfriamento com direito a um botão turbo para ajudar na hora dos games mais pesados e temos um aparelho bem promissor.

Vale notar que aqueles que desejam um hardware um pouco mais modesto podem levar variantes mais básicas do Mi Gaming Laptop. Além de trocar a GTX 1060 por uma GTX 1050 Ti, é possível cortar a memória RAM e o SSD são cortados pela metade, além de abrir mão do Core i7 por um i5; é uma perda considerável, mas que ainda o torna uma opção interessante para quem quer um notebook gamer.

Especificações Técnicas

  • Tela: 15,6 polegadas
  • Resolução de Tela: Full HD (1920x1080 pixels)
  • Sistema Operacional: Windows 10 Home Edition
  • Processador: Intel Core i7-7700HQ quad-core de 2,8 GHz (intel Core i5-7300HQ quad-core de 2,5 GHz opcional)
  • Placa de Vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1060 de 6 GB GDDR5 (NVIDIA GeForce GTX 1050 Ti de 4 GB GDDR5 opcional)
  • Memória RAM: 16 GB DDR4 de 2400 MHz (8 GB opcional)
  • Armazenamento Interno: 256 GB SSD (128 GB opcional) + 1 TB HDD
  • Conectividade: WiFi dual-band 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.1
  • Extras: tecnologia de som Dolby Atmos, modo de resfriamento “Tornado”, teclado RGB retroiluminado com suporte a 16 milhões de cores
  • Bateria: até 5 horas de reprodução de vídeos online, 5,5 horas de reprodução de vídeo local ou 6,5 horas de navegação web
  • Peso: 2,7 kg
  • Dimensões: 36,4 cm de largura x 26,52 cm de comprimento x 2,09 cm de espessura

Apesar de todo esse poder, o aparelho poderia passar despercebido pelos olhos de muitos. Uma vez que a Xiaomi focou em ter um notebook que ainda é discreto o suficiente para ser levado para o trabalho (algo que, convenhamos, a maioria dos aparelhos para gamers simplesmente não é), o Mi Gaming Laptop aposta em um design bastante limpo e minimalista. Isso com exceção, claro, do teclado RGB multicolorido.

Vale notar que uma das maiores promessas da Xiaomi para seu aparelho, no entanto, não é apenas seu hardware, mas também seu preço: o modelo mais poderoso do Mi Gaming Laptop custa ¥ 8.999,00 (O equivalente a R$ 4.750, em uma conversão simples e sem impostos), enquanto o modelo mais básico custa ¥ 5.999,00 (R$ 3.169). Para um notebook gamer desse nível, os valores são bastante atraente, temos que admitir.

Infelizmente, é melhor não ter muitas esperanças de colocar as mãos em um desses. Afinal, segundo o anúncio da empresa, o Mi Gaming Laptop chega ao mercado chinês em 13 de abril, mas não tem previsão de sair em outros territórios.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Xiaomi apresenta notebook de baixo custo feito para jogatina e trabalho