Imagine um carro elétrico e impresso em 3D. Bem, Lou Tik, dono da XEV Limited, não só pensou nisso, como criou o primeiro modelo de automóvel dessa forma. A ideia deu tão certo que ele deve começar a ser vendido na Ásia e na Europa em abril de 2019, por 8,5 mil euros.

Chamado LSEV, o veículo de dois lugares leva apenas três dias para ser feito, de acordo com a fabricante. Compacto, possui 1,5 metro de altura, 2,5 metros de comprimento e 1,3 metro de largura. Pode viajar 150 quilômetros depois de ter a bateria totalmente carregada.

Você deve estar se perguntando: como isso é possível? Calma, vamos contar essa história.

Como tudo começou...

2

O LSEV começou a ser fabricado após receber financiamento de 2 milhões de euros, quando o projeto ganhou o Horizonte 2020, maior programa de pesquisa e inovação da União Europeia.

A ideia é realmente nova e disruptiva. O carro quase todo é feito com impressão 3D, apenas o motor e o chassi são fabricados no estilo convencional. Os materiais usados para compor a estrutura do veículo são três: nylon aprimorado, ácido polilático e TPU, um tipo de borracha.

O objetivo é vender o veículo para o mercado de massa e, para isso, a empresa pretende fabricar 20 mil carros até o final de 2019.

O que pode mudar na indústria automotiva

Com o LSEV chegando ao mercado e incentivando outras empresas a apostarem na produção em 3D, o setor automobilístico poderá sofrer mudanças consideráveis. Uma delas é a redução do custo de pesquisa e desenvolvimento em aproximadamente 90%.

3

Além disso, a impressão 3D na fabricação de veículos pode acelerar o ciclo de produção. Um carro como conhecemos hoje tem cerca de 2 mil componentes, enquanto o LSEV possui entre 40 e 60.

Mais eficiência, menos custo e ainda atendendo às necessidades do consumidor. Parece que carros como o LSEV têm tudo para dar certo e conquistar o mercado.

Você concorda com essa ideia? Deixe sua opinião nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: