Há alguns anos, a Sharp se destacou por ser uma das primeiras marcas a lançar aparelhos com telas maiores e bordas estreitas, quase inexistentes. O primeiro modelo que revelou essa característica, anos atrás, impressionou pela presença da borda praticamente apenas na parte de baixo. Já o Aquos S3 Mini, recém-lançado, não está muito distante de outros celulares, de outras marcas, que apresentam a mesma característica de design em suas telas, atualmente.

Lançado na semana passada, na China, o aparelho que ainda executa o sistema Android 7.1. Nougat vem com um design que há bem pouco tempo impressionou o público, por suas bordas estreitas e uma tela que ocupa quase toda a parte da frente do celular. Mas, como na própria marca não se observam grandes mudanças no design das últimas novidades, o produto atual acaba não representando muita surpresa.

Sharp

O apelido "tela infinita" para essa tendência dos smartphones veio com a apresentação do modelo da Samsung. Entretanto, foi uma marca chinesa (cujos dispositivos não são vendidos em lojas brasileiras) que trouxe esse formato primeiro, em outubro de 2016. O Xiaomi Mi Mix foi o pioneiro nesse design, representando uma evolução do modelo da Sharp, mencionado anteriormente. 

O Aquos S3 mini tem uma tela de vidro curvo de 5,5 polegadas e preenche 87,5% da face do aparelho. Vem com 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. O aparelho, que é dual chip, tem opção de reconhecimento facial e por leitor de impressão digital. A promessa é de que os dois métodos levem 0,1 segundo para o desbloqueio. O produto vem em preto, azul e dourado, com valor aproximado de R$ 830 (US$ 252,80).

Cupons de desconto TecMundo: