Conforme comentamos em alguns reviews aqui no TecMundo, o ano passado foi importante para a SteelSeries, que fez sua volta definitiva ao mercado brasileiro. A marca dinamarquesa percebeu o constante interesse dos gamers do Brasil em periféricos de qualidade e resolveu trazer seus produtos para os jogadores mais exigentes incrementarem a jogatina.

Com o bom número de vendas nesse curto período de atuação, a fabricante agora expande sua linha de dispositivos com alguns novos itens, incluindo o teclado top de linha Apex M750. Trata-se de um modelo que, diferente do Apex 100, vem com teclas mecânicas, design muito diferente nos detalhes e qualidade superior.

É claro que temos aqui um produto que vem com sistema de marcos, promessas de conforto na digitação, teclas de boa durabilidade, switches com tecnologia exclusiva e composição de iluminação com RGB para quem busca incrementar o visual do produto. As dúvidas que ficam são: quais são os diferenciais, e será que vale a pena apostar nesse teclado? Vamos conversar!

Especificações

  • Material: liga de alumínio
  • Switches: SteelSeries QX2 Linear
  • Altura do switch: 4 mm
  • Ponto de atuação: 2 mm
  • Força: 45 cN
  • Duração: 50 milhões de cliques
  • Anti-ghosting: sim, 100%
  • N-Key Roll Over: sim, em todas as 104 teclas
  • Iluminação: RGB individual por tecla, com diversos padrões
  • Comprimento do cambo: 2 metros
  • Peso: 1 kg
  • Dimensões (C x L x E): 15,35 x 45,4 x 4,67 cm

Visual de outra galáxia

Considerando a grande gama de produtos disponível no mercado, é muito raro o lançamento de um novo teclado que consiga nos impressionar num primeiro olhar. Todavia, dado o histórico de capricho da SteelSeries, também não é tão surpreendente ver que a marca consegue chamar mais atenção do que diversos concorrentes.

O SteelSeries Apex M750 é um teclado gamer que se mostra muito superior em visual e acabamento, o que, inevitavelmente, será perceptível ao consumidor na parte da qualidade de construção superior. Todo trabalhado na cor preta, este teclado se destaca pelo tom diferenciado na pintura, algo que a SteelSeries chama de alumínio espacial.

Design SteelSeries Apex M750

A pintura é caprichada nos mínimos detalhes, algo que acaba combinando perfeitamente com a curvatura do produto, perceptível principalmente na parte superior do produto. A mesma atenção é notável no design lateral e também nas teclas. O resultado é um teclado que se mostra muito confortável para o uso intenso e elegante para fazer um combo bonito com o mouse da SteelSeries.

Ainda falando em visual, é impossível não comentar a parte da iluminação RGB, que é muito expressiva. Com diversos perfis de cor disponíveis no software da SteelSeries, o jogador pode escolher entre vários padrões: estático, onda, respiração, onda, fuga, jogo (em que somente as teclas mais usadas do game são ativadas) e até mesmo GIF (em que um GIF é transformado em luz).

Ideal para jogatina intensa

É claro que toda essa parte visual é importante, mas o SteelSeries Apex M750 consegue se destacar por sua excelente performance nos games. Equipado com switches QX2 (exclusivos da marca), o produto garante excelente retorno para o jogador, respostas rápidas, ativação de múltiplas teclas simultaneamente e precisão na digitação.

Com 4 milímetros de altura e apenas 2 milímetros de ponto de ativação, o gamer consegue realizar os comandos com um mínimo de esforço. Vale notar ainda que estamos tratando de componentes de alta qualidade, que prometem suportar até 50 milhões de cliques, ou seja, eles são ideais para a vida toda (infelizmente, não pudemos realizar um teste de milhões de cliques).

Switches do Apex M750

Bom, ainda sobre os switches SteelSeries QX2, vale ressaltar que os interruptores apresentam folhas de cobre, o que garante boa condução de eletricidade e resistência para uso intenso. O acabamento em material termoplástico com tecnologia DURACON e também com aspecto transparente garante elegância, bem como mais expressão na funcionalidade dos LEDs do tipo RGB.

Anti-ghosting e software Engine

Outra vantagem aqui é a tecnologias anti-ghosting, que funciona em 100% das teclas, graças ao N-Key Roll Over. O anti-ghosting é a tecnologia que permite pressionar várias teclas e registrar múltiplos comandos ao mesmo tempo. Neste teclado, você pode pressionar todas as 104 teclas e obter a ativação simultânea de todas.

Assim como já comentamos em outros reviews de produtos da SteelSeries, uma coisa que vale muito a pena nos produtos da marca é o software Engine, que garante inúmeras faiclidades. Com ele, é possível reprogramar as teclas e utilizar vários perfis, o que é muito interessante para quem costuma usar setups específicos para cada game.

SteelSeries Engine

Uma das opções do é a configuração de macros, por meio da qual é possível definir tempos entre as teclas e outros detalhes. Além disso, através do programa, o jogador tem a opção de regular os perfis, que podem ter diferentes padrões de iluminação. E para você que é meio atrapalhado, ainda existe a função Gaming, que bloqueia a tecla Windows nos jogos.

Alguns inconvenientes...

Bom, o SteelSeries Apex M750 é um teclado que impressiona em inúmeros aspectos, mas é preciso ser transparente e relatar os pormenores que podem incomodar aos jogadores mais exigentes. Primeiro, é válido apontar que, diferente do Apex M800, esse modelo não conta com iluminação na parte lateral, o que acaba deixando o visual mais simplificado.

Ainda falando em iluminação, outro ponto que deve ser relatado é a iluminação de cada tecla. Com a disposição na parte superior, os LEDs garantem legibilidade de letras e números, mas alguns caracteres dispostos na parte inferior dos botões (caso dos acentos) não são iluminados. Porém, isso não é algo exclusivo do Apex M750, pois produtos concorrentes também apresentam característica similar.

Falando em dispositivos de outras marcas, eis aqui um ponto em que o SteelSeries fica para trás: as teclas extras. Algumas marcas enviam botões adicionais com texturas para jogos específicos — como é o caso do conjunto de teclas W, A, S e D. O Apex M750 não tem nenhum item adicional, tampouco o acessório para remover os botões — o que facilitaria na hora da limpeza.

Iluminação do Apex M750

Quanto às tarefas do dia a dia, vale mencionar que o SteelSeries Apex M750 peca por não trazer o layout ABNT, o que é um contra para o produto, dado que muitas pessoas buscam tal facilidade e, novamente, vale constatar que há modelos de outras marcas que usam ABNT. A ausência de teclas dedicadas para controle de volume e mídia também desaponta. Aqui, tais opções são ativadas com o botão de função.

Para finalizar, é válido constatar que o SteelSeries Apex M750 peca em seu design compacto, pois ele impede que o usuário veja com facilidade se alguns recursos (como Num Lock) estão ativados, já que a altura excessiva das teclas tampa tal área. Além disso, a falta de uma conexão USB adicional no teclado (como um Hub) e o apoio para pulsos também são diferenciais que poderiam ser instalados aqui.

Vale a pena?

O SteelSeries Apex M750 é um teclado fantástico para gamers exigentes, que buscam um dispositivo de qualidade e com visual elegante. Além do desempenho superior nos games, gostamos muito do design e do acabamento. Quem usa o produto por alguns minutos fica muito satisfeito com o conforto no uso e também com as teclas, que fazem pouco barulho.

A iluminação personalizável, a tecnologia anti-ghosting e a possibilidade de configuração completa no software Engine também vêm a calhar, já que garantem o controle total de quase todas as funcionalidades e permitem deixar o visual muito ousado.

Apesar disso, é válido considerar que, conforme comentamos, alguns teclados de outras marcas contam com teclas multimídia dedicadas, apoio para pulso, regulagem de altura, layout ABNT e outros benefícios que não vemos neste modelo da SteelSeries.

Visual SteelSeries Apex M750

Todos esses pormenores não fariam muita diferença para o jogador que busca apenas um produto de qualidade para a jogatina intensa, porém temos a questão do preço, na qual o Apex M750 perde muito do seu encanto. Ele está disponível nas principais lojas por valores que variam de 920 a 1.050 reais.

Assim, considerando os prós e contras, mas principalmente levando em conta o valor do produto, nós não podemos dizer que vale a pena adquiri-lo, já que há modelos de outras marcas com qualidades tão boas quanto as dele, mas que ainda trazem mais vantagens por preços mais justos. No fim das contas, gostamos do Apex M750, mas a SteelSeries precisa rever o preço.