Imagine aquele smartphone intermediário podendo rodar vídeos 4K, utilizando o poder da inteligência artificial (IA) e oferecendo experiências imersivas em realidade virtual (RV) e aumentada (RA). Bem, isso já é possível, segundo a ARM: a fabricante apresentou nesta terça-feira (06) uma nova leva de unidades gráficas para dispositivos móveis e smart TVs, com desempenho top de linha em opções mais baratas.

arm gpu

O primeiro lançamento é a GPU Mali-G31, destinada aos aparelhos de entrada e às TVs digitais. É construída em arquitetura Bifrost, que normalmente era visto em produtos premium, e economiza 20% de espaço em relação ao seu antecessor, com melhor desempenho geral e na interface do usuário. Ela já vem com o as novas API Vulkan para Android e a OpenGL ES 3.2, que otimiza o funcionamento dos jogos.

arm gpu

O segundo é a GPU Mali G-52 visa os gadgets mais potentes, assim como TVs, com entrega de performance 3,6 vezes melhor e 15% a mais de eficiência em energia em relação à sua versão anterior, graças ao trabalho em conjunto com a máquina de aprendizado. A ARM conseguiu dobrar o número de execuções aumentando o tamanho do componente em apenas 20%.

arm processador display

O processador de display Mali-D51 é montado sobre um arquitetura Komeda, que conta com recursos capazes de economizar 30% de consumo de energia e de oferecer 50% de melhor latência na memória. Isso é especialmente importante se você está realizando tarefas em RA e RV, incluindo correção de lentes, pós-processamento e algoritmos.

arm processador de vídeo

Por último, e não menos importante, temos o processador de vídeo Mali-V52, criado para popularizar o uso da resolução 4K em dispositivos facilmente encontrados em qualquer rede varejista. A ideia é entregar 20% a mais no upload de dados com 38% a menos de área de silicone.

A companhia afirma que no ano passado entregou mais de 1,2 bilhão de chips de GPU Mali e que só espera entregar essas novidades no segundo semestre do ano que vem. Os alvos são os novos gadgets conectados via 5G, que promete chegar nos próximos dois anos lá fora. Smartphones baratos rodando games pesados com gráficos top, então, somente em 2020.

Cupons de desconto TecMundo: