Trabalhar com carpintaria é algo um tanto quanto arriscado, afinal o profissional precisa manusear uma série de serras e máquinas capazes de, bem, cortar fora a mão de um desavisado. O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) acaba de apresentar uma novidade capaz de mergulhar essa profissão milenar em um mundo repleto de tecnologia.

Lá, pesquisadiores criaram uma série de robôs-assistentes de carpintaria para facilitar o processo de corte. Eles trabalham com o apoio de um software e realizam praticamente sozinhos essa fase do trabalho, permitindo ao carpinteiro apenas supervisiar o processo e, depois, tratar e montar cada peça.

Conforme mostra o vídeo abaixo, o processo começa com a criação do projeto em um computador. O programa é capaz de identificar todas as peças necessárias para que ele saia do papel e, então, envia a informação aos robôs, que manipulam as peças, as levam para as serras e cortam tudo do tamanho certo.

Todo esse conjunto é conhecido como AutoSaw e há até mesmo uma motosserra automática criada a partir de um Roomba, aquele aspirador-robô em formato de círculo. Essa peça é responsável por realizar cortes circulares precisos e sem qualquer intervenção humana, aumentando a precisão e reduzindo de forma significativa a chance de um acidente.

Lógico que o processo ainda está em fase inicial e, portanto, ainda precisa de supervisão huamana o tempo todo. Para Jeffrey Lipton, pós-doutorando do MIT e um dos autores do artigo publicado no fim de fevereiro sobre o AutoSaw, atualmente, o projeto serve mais como prova de conceito daquilo que a robótica pode fazer em breve.

Em entrevista ao The Verge, ele destaca que a ideia do seu projeto não é substituir carpinteiros, mas, sim, encontrar um jeito mais inteligente de realizar um trabalho mecânico. “Ficar ali de lado cortando lenha não é uma parte altamente qualificada e valorizada do trabalho”, comenta. “Ao criar essas ferramentas, não queremos substituir os carpinteiros, queremos aprimorar a segurança e ampliar o seu conjunto de habilidades”, complementa.