Uma dificuldade que milhares de pessoas enfrentam ao redor do mundo é ler qualquer coisa quando sofrem com problemas visuais ou dislexia. A partir disso, uma empresa japonesa está criando um modelo de óculos inteligente que converte em voz as palavras capturadas pelas câmeras.

O dispositivo já está em desenvolvimento desde 2012, mas apenas neste ano foi disponibilizado para o público através de financiamento coletivo no Campfire, a versão oriental do Kickstarter.

Os óculos funcionam da seguinte maneira: vêm com duas câmeras e um fone de ouvido; uma das lentes atua como um espelho, que serve para refletir o olho do usuário, otimizando o rastreamento do que ele está lendo.

descrição

Para textos maiores, como em livros e manuais, quem estiver com os óculos pode piscar para tirar uma foto; a imagem registrada é transmitida para um sistema em nuvem Raspberry Pi, que analisa o material e converte em voz para o fone de ouvido.

Mesmo antes do seu lançamento oficial, o aparelho já conquistou o terceiro lugar no James Dyson Award, competição do setor de tecnologia e inovação. Até agora foram arrecadados cerca de 12 mil dólares, apenas 12% do pretendido pela companhia. E aí, o que você achou desses óculos? Conte para nós nos comentários.