Intel apresentou na IEEE International Solid-State Circuits Conference, um evento focado em placas e chips, seu primeiro protótipo de placa de vídeo. Ele tem como base o processo de 14 nm e contém nada menos que 1,542 bilhão de transistores que se dividem em dois chips, sendo um deles a verdadeira unidade que processa gráficos e o outro uma matriz programável de portas de campo, o que indica que a GPU pode vir a ser aplicada para jogos ou até mesmo mineração de criptomoedas.

As dicas de que a Intel estaria rumando nessa direção começaram quando a empresa contratou Raja Koduri, chefe da equipe de tecnologia da Radeon, da AMD. No fim do ano passado, a Intel anunciou que estaria criando um protótipo de GPU que finalmente foi apresentado no evento que aconteceu na semana passada.

A Intel não revelou quais seriam os objetivos de seu protótipo e apenas se referiu a ele como uma “prova de conceito”, um protótipo. Sem ser possível tirar maiores conclusões, dá para esperar uma placa de vídeo com arquitetura poderosa e eficiente. E claro: o mercado dominado até hoje por AMD e NVIDIA pode receber um concorrente de peso como a Intel.

Cupons de desconto TecMundo: