Apple vem trabalhando em grande projeto misterioso já há alguns anos — algo que pode até mesmo vir a substituir os iPhones — e muita gente aposta que o gadget tem a ver com a realidade aumentada (RA), principalmente devido ao interesse da companhia nesse setor nos últimos anos (vide recursos como os Animojis). O mercado também caminha nessa direção e vários analistas apostam em algo como o “Apple Glass”. E como seriam esses dispositivos? O pessoal do iDrop News viajou um pouco para projetar o que um dia pode chegar às prateleiras.

Design

apple realidade aumentada

Como em tudo de sua linha de produtos, a Apple faria algo minimalista, com linhas limpas e simples. O desenho seria muito próximo dos tradicionais óculos de grau ou de sol. Prova disso é que o próprio Apple Watch tem uma abordagem que lembra os relógios convencionais — mas com aquele charme vintage e moderno ao mesmo tempo, claro. Ter um produto com essas características poderia ajudar a populariza-lo junto ao grande público.

Armação

apple realidade aumentada

A moldura do Apple Glass seria feito de um metal de alta qualidade e isso vem dos indícios de que a Maçã vem se comunicando com fornecedores capazes de construir revestimento de primeira. Além de servir como um bom suporte para as lentes, a armação teria também que comportar uma variedade de componentes, a exemplo de câmeras, sensores e antenas sem fio, para que o gadget pudesse funcionar como um smartphone.

O entalhe frontal poderia abrigar mais elementos de captação e as laterais seriam ideais para incluir as conexões para WiFi e Bluetooth.

Hastes

apple realidade aumentada

As hastes seriam fabricadas de material de luxo, como um couro macio, para proporcionar o máximo de conforto. Elas também seriam úteis para abrigar boa parte dos componentes eletrônicos, como as baterias e o processador, assim como o motor tátil e mais sensores. Isso permitiria aos usuários tocar nos braços dos óculos para alternar opções por exemplo.

Como o visual é muito importante para a Apple, essas seriam partes modulares, que poderiam ser substituídas por outras cores e materiais ao longo do tempo.

Display

apple realidade aumentada

As lentes seriam feitas a partir de material de alta qualidade, resistente a riscos e quedas. Talvez um upgrade pudesse trazer uma camada adicional para proteger contra os raios ultravioleta. A realidade aumentada seria projetada por meio de um minúsculo projetor, embutido na armação do dispositivo.

A proximidade da Apple com a Intel poderia resultar em uma já bem desenvolvida e segura tecnologia de projeção a laser na própria retina.

Carregamento de bateria

apple realidade aumentada

Como a ideia é de que o usuário permaneça o maior tempo possível utilizando o gadget, ele teria que possuir uma boa autonomia e facilidades no abastecimento, como carregamento sem fio — em uma base semelhante ao padrão Qi, construída a partir de uma microfibra suave, para não arranhar as lentes.

rOS

apple realidade aumentada

Rumores indicam que um possível Apple Glass seria um gadget independente de conexão com o iPhone — com capacidade até mesmo de substituí-lo em um futuro próximo. Assim, o dispositivo precisaria de seu próprio sistema operacional, incluindo aplicações customizadas para funcionar especificamente com a RA.

Mais boatos já ventilam a possibilidade do “reality operating system”, que teria sua própria App Store.

Data de lançamento

apple realidade aumentada

Ainda que não confirme nenhuma das especulações, a Apple vem trabalhando na linha de óculos para realidade aumentada (no chamado Project Mirrorshades) de forma agressiva e planeja o lançamento de um produto para muito breve — 2019 ou, no máximo, início de 2020. O gadget já viria com suporte para Siri, mapas, textos e vídeos.

No ano passado, a Quanta Computer Inc., parceira da Maçã, fez um acordo com a fabricante de componentes para RA Lumus Ltd. A companhia israelense é especialista na produção de displays para exibição de conteúdo no campo de visão.

“Estamos trabalhando em um projeto de RA e estudamos há dois anos as tecnologias ópticas necessárias para o setor. Atualmente, vemos que esse dispositivo possa estar disponível em 2019”, afirmou o vice-presidente da Quanta, C.C. Leung. Ainda que ele não tenha mencionado a Gigante de Cupertino, muitos acreditam que o “gadget parecido com headset com lentes completamente transparentes que permitem aos usuários verem e interagirem com o ambiente” seja o mesmo dispositivo.

Preço

apple realidade aumentada

De acordo com a Bloomberg, tanto a Lumus quanto a Quanta esperam que o preço inicial dos dispositivos para RA devam estar próximo de um smartphone top de linha, ou seja, algo em torno de US$ 1 mil.

A expectativa é de que o “Apple Glass” seja inicialmente comercializado por esse valor e tenha variáveis mais baratas ao longo do tempo.

Aquisições e metas

apple realidade aumentada

Além de vários rumores — alguns muito quentes — há vários outros indícios de que a Apple realmente esteja trabalhando em algo com realidade aumentada e óculos inteligentes. Um deles é o ARKit, que permite aos desenvolvedores criar aplicações de RA em ambiente iOS 11. Os projetos mais avançados, com mira no “Apple Glass”, estaria sob o codinome “T288”.

Desde 2010, a Apple vem cadastrando patentes do chamado Project Mirrorshades e em um, especificamente de 2014, há a descrição de um “Dispositivo Eletrônico Transparente” que pode projetar imagens virtuais no mundo real. Outra que trata de “Mapas de RA” poderia fornecer informações a respeito do ambiente em tempo real, incluindo nomes de ruas e pontos de interesse. No ano passado, mais documentos semelhantes foram registrados.

Ainda que a Gigante de Cupertino diga que tudo isso pode ser usado nos aparelhos já existentes, fica a cada dia mais claro que a RA é o próximo grande passo da indústria, pois seu potencial comercial é enorme — imagine, por exemplo, ver anúncios, mapas e ofertas direcionadas de acordo com o seu perfil por meio de um display que projete isso no mundo real.

E você o que acha disso tudo? Compraria os “Apple Glasses”? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe!

Cupons de desconto TecMundo: