O Apple Park, o novo “quartel-general” da Apple, já está funcionando normalmente com seus funcionários, mas pode representar um ambiente perigoso para o trabalho. É isso mesmo: pelo menos duas pessoas já se machucaram – sem a necessidade de irem para o hospital, pelo menos – por terem dado de cara com as paredes de vidro quase invisíveis da empresa.

Acidentes acontecem, mas isso ainda pode dar algum tipo de dor de cabeça para a Apple de acordo com as leis trabalhistas da Califórnia

A estrutura, que custou para os cofres da empresa cerca de US$ 5 bilhões, ou R$ 16,2 bilhões, é composta por uma infinidade de paredes de vidro impecavelmente limpos. A Apple se orgulha de possuir no Apple Park as maiores placas curvas de vidro do mundo em sua estrutura de quatro andares que mais parece um imenso disco voador.

aParedes de vidro podem causar dores de cabeça tanto para os funcionários acidentados quanto para a Apple

Ligando pra 911

As informações sobre os acidentes vazaram devido aos chamados de emergência que foram feitos para os dois acidentes, nos quais dois funcionários sofreram cortes após terem dado de cabeça nos painéis de vidro incapazes de enxergá-los. Sim, acidentes acontecem, mas isso ainda pode dar algum tipo de dor de cabeça para a Apple de acordo com as leis trabalhistas da Califórnia, que dizem que “os funcionários devem estar protegidos do perigo de andar contra vidro por barreiras ou por marcações duráveis e notáveis”.

A Apple ainda não foi acionada por nenhum órgão responsável, nem mesmo se manifestou em relação ao acontecido, mas pode em breve receber alguma advertência, precisar pagar alguma multa e, claro, tomar providências em relação ao perigo que é de atravessar com a cara uma das placas de vidro pelas quais a empresa é tão orgulhosa. Será que o Apple Park vai ter que mudar seu design?

Cupons de desconto TecMundo: