A resolução Full HD se tornou um padrão de prática de mercado para TVs, smartphones, monitores e até mesmo para notebooks, e já é possível ver algumas opções no mercado com telas 2K e até mesmo 4K. As empresas estão sempre buscando trazer o melhor da resolução atual para a maioria dos periféricos possíveis. Mas e os Chromebooks?

1

Caso você ainda não saiba, Chromebook é um notebook que usa um sistema operacional do Google totalmente voltado para armazenamento na nuvem, além de soluções de aplicações que não precisam ser instaladas; aliás, não é possível a instalação de aplicações externas, como o Office. Ele conta com um hardware necessário para rodar o SO e uma memória pequena para coisas pontuais, mas não há drive de CD – o que vem se tornando cada vez mais obsoleto para o mercado atual, já que a maioria das soluções necessárias você pode baixar diretamente no seu periférico. 

Segundo informações do Googlecould, modelos de Chromebooks com telas 4K já estão sendo produzidos e poderão chegar ao mercado em breve. Porém, o logotipo de inicialização estaria um pouco fora do que era esperado – que o poderia se tornar um problema –, mas a equipe de responsáveis já está trabalhando para solucionar a questão e deixar o design como se imagina para um Chromebook com tela 4K.

Eles ainda dizem que o logo é mais arredondado, mas que isso será um bônus adicional para uma maior resolução, garantindo maior e melhor nitidez. Já com relação ao “segredo”, conforme comentado pelo pessoal da Googlecould, eles não sabem ao certo o porquê disso, uma vez que, assim que esses produtos chegarem ao mercado, qualquer um poderá ver o logo ao iniciar o aparelho.

Mas eis algumas questões importantes: seria mesmo necessário um investimento tão alto para incluir monitores 4K em Chromebooks, levando em consideração o seu real objetivo para o mercado? Não seria apenas uma forma de encarecer um produto com uma coisa supérflua? Devemos lembrar que o Google já tem no mercado um periférico com tela 4K, o Pixelbook, com especificações muito mais parrudas do que seu irmão mais velho, o Chromebook.

2

Mas e você, o que achou dessa novidade? Seria a tela 4K um adicional que poderia agregar valor ao Chromebook?