Atualização: a Lenovo entrou em contato com o TecMundo e posicionou-se oficialmente sobre a matéria (a notícial original pode ser lida mais abaixo):

"A Lenovo está realizando voluntariamente um recall global de cerca de 300 mil laptops ThinkPad X1 Carbon 5ª geração (cerca de 130 no Brasil) fabricados entre dezembro de 2016 e outubro de 2017. Foi detectado que um número limitado de aparelhos pode apresentar um parafuso com defeito, o que pode danificar a bateria do laptop, causando superaquecimento e, em casos extremos, risco de incêndio.

"A fabricante recomenda que os usuários impactados pelo recall parem, imediatamente, de utilizar o notebook e entrem em contato com a Lenovo Services, a fim de agendar a inspeção deste parafuso no equipamento em questão.

"É possível verificar se o consumidor possui um ThinkPad X1 Carbon 5ª geração afetado acessando https://support.lenovo.com/br/pt/solutions/ht504453 e seguindo as instruções neste site. Ao inserir o serial number do seu notebook válido para o recall, o consumidor receberá automaticamente a informação dos canais de atendimento: Call Center 0800-701-4815, de segunda a sexta-feira das 08h às 18h."

Matéria original

Equipamentos eletrônicos que pegam fogo sozinhos ou que explodem próximos a seus donos podem dar uma dor de cabeça enorme a seus fabricantes. Dessa vez foi a Lenovo que precisou anunciar um recall de seu laptop Thinkpad X1 Carbon. Leve e poderoso, o notebook caiu nas graças da crítica, mas cerca de 78 mil unidades nos Estados Unidos e mais 5,5 mil no Canadá vão precisar ser retornadas para a empresa pelo risco de incêndio.

A característica delicada das baterias de íon de lítio faz com que o risco de combustão seja alto, ou mesmo apenas de deformação do dispositivo por superaquecimento

O problema foi descoberto quando três unidades do modelo apresentaram superaquecimento em suas baterias. A Lenovo analisou o que poderia estar causando o defeito e chegou à conclusão de que havia sim um risco de incêndio nos Thinkpad X1 Carbon fabricados entre dezembro de 2016 e outubro de 2017.

Pequeno detalhe, alto risco

Um pequeno parafuso que não foi apertado como deveria é o que está causando o problema nas baterias dessa série do modelo. A característica delicada das baterias de íon de lítio faz com que o risco de combustão seja alto, ou mesmo apenas de deformação do dispositivo por superaquecimento, mesmo que nenhum acidente ainda tenha acontecido com os laptops da Lenovo, conforme a própria empresa informou.

aBateria de um Thinkpad X1 Carbon da Lenovo

Uma página oficial da Lenovo (em português) ensina a verificar se seu laptop foi afetado pela falha e explica como os consumidores devem proceder para realizar o recall.

Cupons de desconto TecMundo: