De acordo com fontes anônimas do Digitimes, a Samsung estaria pronta para começar a vender seus chipsets Exynos para outras fabricantes de smartphones. Os processadores da empresa vêm sendo utilizados até o momento apenas em seus próprios aparelhos. Além da coreana, grandes empresas como a Huawei e a Apple também contam com estratégias similares, desenvolvendo seus próprios chips para seus celulares.

Ainda não há, entretanto, nenhuma informação sobre possíveis compradores de chips Exynos, mas espera-se que a Samsung comece a oferecer novas versões com mais recursos embutidos desses componentes, a fim de atrair marcas menores para as suas soluções de hardware.

Samsung é a quarta maior vendedora de chips mobile do mundo

Segundo o Digitimes, essa estratégia da Samsung é crucial para manter a empresa relevante no mercado mobile cada vez mais competitivo e com vendas em processo de desaceleração. Atualmente, a Samsung é a quarta maior vendedora de chips mobile do mundo, atrás da líder Qualcomm e das segunda e terceira colocadas Apple e MediaTek.

A atenção da Samsung, contudo, estaria voltada para o mercado de chips intermediários, justo aquele no qual a MediaTek vem focando no último ano. A empresa taiwanesa praticamente desistiu do mercado de processadores top de linha em 2017 e, neste ano, provavelmente terá que enfrentar forte concorrência da Samsung no semento.

Além de expandir a sua presença no mercado de chips mobile, a Samsung estaria interessada especialmente em participar da primeira leva de dispositivos com conectividade 5G, que devem aparecer nos idos de 2020.

Cupons de desconto TecMundo: