De acordo com rumores vindos do Digitimes, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) estaria iniciando nesta semana a construção de uma nova fábrica de chips. A planta seria utilizada para produção no processo de 5 nm, o que poderia garantir à empresa novamente um grande negócio fabricando chipsets mobile para a Apple. Em contrapartida, isso seria uma boa notícia para a Maçã, que teria tecnologia de ponta à disposição sem precisar recorrer à rival Samsung.

A TSMC é a única fornecedora de chips da série A, que a Apple usa em iPhones e iPads, desde o A9X, presente no iPad de 2015. Isso vem acontecendo porque a empesa vem sistematicamente deixando a Samsung para trás no processo de miniaturização de chips mobile.

Os testes da fabricação no processo de 5 nm vai começar no primeiro trimestre de 2019, e a produção em massa se inicia em 2020

“De acordo com o calendário da TSMC, os testes da fabricação no processo de 5 nm vai começar no primeiro trimestre de 2019, e a produção em massa se inicia em 2020. Além disso, a empresa concentrou centenas de engenheiros para P&D do processo de 3 nm, o qual tem previsão de início de fabricação em 2022”, diz a reportagem do Digitimes.

Não há como dizer se a TSMC vai de fato conseguir cumprir esse calendário, mas a Samsung não está dormindo no ponto enquanto sua maior rival na fabricação de chips segue melhorando sua tecnologia. A coreana estaria trabalhando em um processo de 4 nm, o que poderia convencer a Apple e a Qualcomm a voltarem a encomendar seus chips mobile da empresa em vez de recorrer à TSMC. Não se sabe ao certo, entretanto, se a Samsung estaria com o processo de 4 nm pronto antes de 2020.

Samsung e TSCM ainda devem competir no fornecimento de telas mobile para a Apple. Atualmente, a coreana é a única fonte de displays OLED do iPhone X, mas a TSCM estaria trabalhando com a Apple no desenvolvimento de telas MicroLED para smartphones futuros.

Cupons de desconto TecMundo: