Linus Torvalds é conhecido por ser um sujeito bastante sincero em suas colocações e, sobretudo, por ter sido o criador e um dos grandes desenvolvedores dos sistemas Linux. No último final de semana, outra vez ele voltou aos holofotes ao enviar uma mensagem em uma lista pública de emails a David Woodhouse, engenheiro da Amazon no Reino Unido.

O tema da conversa eram as correções aplicadas pela Intel para resolver os problemas conhecidos como Meltdown e Spectre, que atingem todos os processadores criados pela companhia ao longo dos últimos 10 anos. Para Linus, a fabricante está enfiando no pacote uma série de coisas desnecessárias e que, pior, não resolvem o problema de fato.

“Tudo isso é puro lixo”, escreveu Linus. “A Intel está realmente planejando fazer essa merda arquitetural? Alguém já disse a eles que eles estão loucos pra c******? Por favor, qualquer engenheiro da Intel que esteja aqui, converse com seus chefes. Se a alternativa for fazer um recall de um produto de duas décadas e dar a todos uma nova CPU gratuita, não seria maluquice”, prosseguiu o criador do Linux.

Um total e completo lixo

Torvalds critica a Intel por aparentemente incluir na lista de melhorias algumas questões que já haviam sido resolvidas e deixar de lado situações mais sérias. Com isso, ela passaria a impressão de que vários problemas estão sendo corrigidos, mas, na prática, não traria uma solução de fato para o contexto mais grave.

"Alguém não está dizendo a verdade aqui. Alguém está empurrando um completo lixo por razões incertas. Desculpe ter que apontar isso", continua o criador do Linux. "Os pacotes são UM TOTAL E COMPLETO LIXO", afirma em caixa alta.

Linus TorvaldsO cara tá brabo.

Linus Torvalds chama ainda de “idiotas” os responsáveis pelo design problemático das CPUs que favoreceram as falhas de segurança.

“Eles [a Intel] estão fazendo coisas literalmente insanas. Estão fazendo coisas que não fazem sentido. Isso faz os seus argumentos [de David Woodhouse] questionáveis e suspeitos. Os pacotes fazem coisas fora da sanidade”, esbraveja Torvalds. “Que p**** está acontecendo? Estão ignorando um problema muito pior, nomeadamente que toda a interface de hardware foi mal desenhada por idiotas.”

Posição da Intel

As mensagens foram trocadas na lista pública no último domingo (21) e a Intel já foi inteirada das críticas de Torvalds. “Nós levamos a sério o feedback de nossos parceiros na indústria”, afirma a companhia em comunicado. “Estamos envolvidos de maneira ativa com a comunidade Linux, a qual inclui o Linus, visto que procuramos trabalhar juntos em soluções.”

Dado o tom da crítica de Linus e da amenidade da resposta da Intel, é possível sugerir que o criador do Linux sabe bem do que está falando e não está equivocado em se posicionar de maneira tão direta e assertiva contra as medidas tomadas pela fabricante neste caso. Sem dúvida, a empresa tem um longo caminho pela frente até que todos os problemas envolvendo Meltdown e Spectre sejam resolvidos.

Cupons de desconto TecMundo: