A Intel veio a público confirmar as suspeitas de que as correções para as falhas Spectre e Meltdown estão causando problemas também em chips mais recentes. Até então, a informação era de que os pacotes causam reinício inesperado em algumas máquinas com processadores com as arquiteturas Broadwell e Haswell, mas chips com as arquiteturas Ivy Bridge, Sandy Bridge, Skylalke e Kaby Lake têm sofrido com o mesmo o problema.

Apesar da situação incômoda, a companhia garante que as correções já chegaram a 90% dos processadores fabricados nos últimos cinco anos e que eles são efetivos para combater as falhas Meltdown e Spectre. A descoberta foi feita após a companhia reproduzir os problemas internamente a fim de realizar uma verificação.

Atualmente a segunda maior fabricante de processadores do mundo, a Intel afirma estar prestes a encontrar a raiz do problema. Enquanto isso não acontece, ela disponibiliza na próxima semana uma versão beta do microcode a fim de que fabricantes realizem validações.

Mesmo com todos os esforços, entretanto, o enrosco no qual estão a Intel e as demais fabricantes de chips de computador parece ser difícil de sair.

Cupons de desconto TecMundo: