A AMD anunciou durante a CES 2018 que vai colocar em breve no mercado GPUs dedicadas para notebooks com arquitetura Vega e equipadas com memória de vídeo HBM2. Isso tornaria esses futuros chips gráficos mais poderosos e poderia prevenir superaquecimento de notebooks mais finos, uma vez que as memórias do padrão HBM2 são bem mais eficientes do que a as GDDR5 nesse sentido.

Apesar de fazer o anúncio, a AMD não detalhou quando exatamente os primeiros notebooks equipados com essas GPUs Vega chegarão ao mercado. De qualquer forma, é provável que pelo menos grandes marcas como Dell, HP e Lenovo se aproveitem da novidade ainda em 2018.

amd

Não foram dados muitos detalhes sobre os novos chips, mas a AMD está anunciando os componentes como a “solução definitiva para notebooks finos e leves”. A companhia destaca o baixo consumo de energia e o fato de o conjunto de GPU e memória ser consideravelmente compacto. A companhia ainda destaca que será possível utilizar softwares de realidade virtual em computadores com esses chips.

Mas a maior vantagem das GPUs mobile Vega com memória HBM2 na comparação com os produtos concorrentes feitos pela NVIDIA é questão do desempenho. Como a empresa do time verde não utiliza esse tipo de memória que a AMD está introduzindo no mercado de notebooks, os chips da companhia não têm acesso à mesma largura de banda. Isso porque o padrão GDDR5 ainda não é tão otimizado para notebooks.

Barateou

Até pouco tempo, entretanto, as memórias HBM2 eram consideravelmente mais caras que as GDDR5 e, por isso, nenhuma grande fabricante de GPUs utilizava essa tecnologia em plataformas mobile com frequência. A Intel, entretanto, já vinha incentivando a adoção da novidade nesse meio, tendo feito inclusive uma parceria com a AMD para combinar processador Core i, GPUs Radeon e memórias HBM2 em um módulo compacto que facilitaria o trabalho de desenvolvimento por parte das fabricantes de notebooks.

amd

Vale destacar também que a companhia do time vermelho apresentou novos processadores Ryzen para notebooks na CES 2018. São quatro opções incialmente, com Ryzen 3 2300U usando dois núcleos e quatro threads, frequência de 2,5 GHz e três unidades Vega. O mais poderoso Ryzen 7 2700U vem com quatro núcleos, oito threads, 2,2 GHz e 10 unidades Vega.

Cupons de desconto TecMundo: