Foi-se o tempo em que as TVs sofriam com problemas de desgaste através do tempo... Não é? Infelizmente, não é bem assim. O fato é que, mesmo que nossos televisores não sofram com aquelas terríveis manchas vistas nas antigas “TVs de tubo”, muitos deles ainda não são a prova de danos após longas sessões de filmes ou, principalmente, aquelas longas maratonas de jogos  que nossos pais sempre pediram para evitar.

Eventualmente, esse efeito, conhecido como burn-in, ocorre quando passamos tempo demais exibindo imagens estáticas na TV (duas horas, em média). Isso faz com que o televisor acabe ganhando marcas “fantasmas” do que era mostrado na tela por ter queimado pixels e consequentemente absorvido as imagens específicas de uma tela, que então permanecem mesmo após você mudar o conteúdo exibido.

Manter imagens estáticas na tela de certos televisores pode resultar em marcas irreversíveis

Se você achou isso familiar, não é à toa. Como falamos logo acima, esse tipo de problema é especialmente comum quando se acessa canais que exibem seu logo o tempo todo ou após longas maratonas com games que possuem interfaces estáticas, como contadores de vida, marcadores de MP, menus... E por falar em menus, aqueles utilizados em filmes também estão entre as grandes causas do efeito burn-in.

Adeus, burn-in! Bem-vindo, QLED TV Samsung

Isso quer dizer que, se quisermos evitar problemas com burn-in, nossa única opção é evitar usar os televisores por longos períodos? Felizmente, esse não é o caso. Tecnicamente, televisores com tecnologias auto emissoras, como a OLED, têm maior risco de sofrer o burn-in devido à composição orgânica para formação da imagem.

A solução para isso, por sua vez, é apostar na nova linha de televisores QLED da Samsung. Para começar, o risco de efeito burn-in é muito menor – inclusive, a empresa é tão confiante nessa afirmação que é a única a dar uma exclusiva garantia de dez anos contra esse tipo de problema.  

Por não utilizar LEDs orgânicos, a tecnologia de pontos quânticos da QLED TV da Samsung não sofre com o temido efeito ‘burn-in’

Pensa que isso vem ao preço de uma perda de qualidade na imagem? Pois saiba que está redondamente enganado. Isso porque as TVs QLED da Samsung têm como principal destaque sua tecnologia de pontos quânticos, partículas de cristais capazes de absorver a cor da iluminação LED e garantir um brilho mais puro. Como resultado, você tem 100% do volume de cor disponível em cada imagem.

Tudo isso, por sua vez, fica ainda melhor junto da tecnologia HDR. Isso porque as QLEDs têm HDR 1500, uma especificação superior ao HDR10 das TVs comuns ou mesmo do HDR1000 usado em muitos televisores de alto nível: com uma definição de imagem 50% maior do que outros aparelhos, esses dispositivos são capazes de exibir todos os detalhes antes escondidos em cenas muito claras ou escuras demais.

Para mostrar que as QLED são realmente feitas para aguentar mesmo os mais longos testes, basta conferir o vídeo logo acima. Nele, a Samsung colocou um televisor com sua tecnologia de pontos quânticos contra uma TV OLED durante uma sessão simultânea de jogos com nada menos do que 12 horas de duração ininterrupta; o resultado, é claro, é um televisor OLED bastante danificado e uma TV QLED intacta.

Feita para durar – e com estilo

Ficou impressionado com toda a qualidade? Pois isso é só um pouco do que essas TVs têm a oferecer. Os modelos de televisores QLED da Samsung também trazem um cuidado ainda maior em seu design; por exemplo, com seu exclusivo suporte No-Gap: o acessório (vendido separadamente) praticamente elimina o espaço entre a TV e a parede, deixando o aparelho colado a ela.

Não precisa se preocupar, aliás, com uma possível dificuldade de conectar cabos ao televisor e deixar um emanharado de cabos a mostra, atrapalhando. A Samsung também pensou nisso e trouxe uma solução simples, trocando todas as conexões comuns por um único cabo óptico transparente que sai do televisor, é o conceito “conexão invisível”, que proporciona a possibilidade do consumidor esconder todos os equipamentos conectados à TV.

Este, por sua vez, é ligado ao One Connect, uma central de conexões externa com todas as entradas que você pode precisar para ligar seu decoder de TV à cabo, player blu-ray ou console. Como você já deve imaginar, isso resulta em uma exposição mínima de fios em sua instalação.

Outra facilidade da Samsung é o Controle Remoto Único para o seu televisor e tudo que estiver ligado a ele, seja TV por assinatura, Blu-Ray ou Home Theater. A QLED TV renomeia todos esses aparelhos assim que conectados, e dá pleno controle de todos eles via seu elegante controle remoto.

Como se não fosse suficiente, a Samsung quer facilitar ainda mais sua vida na hora de se preparar para sua nova TV QLED. Como ela faz isso? Com seu serviço de Concierge, é claro. Através dele, clientes Samsung têm a chance não só de tirar quaisquer dúvidas sobre seus aparelhos 24 horas por dia como também podem receber dicas e treinamentos para utilizar seus produtos no seu potencial máximo.

Se mesmo depois disso você ainda não se convenceu, a mensagem é simples: acesse a página oficial dos televisores UHD QLED da Samsung, encontre o modelo que se encaixa melhor às suas necessidades e faça sua compra, pois as vantagens dessa tecnologia são muitas.

.....